Atlético-MG cede Kim para o futebol árabe

O Atlético-MG finalmente acertou, na manhã deste sábado, o empréstimo do atacante Kim, 23 anos, ao Al Ahli, da Arábia Saudita. A negociação vai render ao Galo cerca de US$ 350 mil, referentes aos 70% dos direitos federativos que o time detém. O atacante, que tinha contrato com o time mineiro até junho de 2004, ficará no clube árabe por nove meses. Com a confirmação da negociação, Kim não irá enfrentar o São Paulo, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro.Somente na última semana, o Atlético recebeu três propostas de equipes do Oriente Médio pelo jogador - dos Emirados Árabes, da Arábia Saudita e do Catar. Apesar das especulações, Kim disse que manteve sempre a concentração no jogo contra o Tricolor paulista. "Estava tranqüilo e pensando no jogo, pois havia recebido anteriormente outras propostas que não resultaram em nada", disse o jogador, revelando que não ficou surpreso com o resultado do negócio. "Eu não estou surpreso com essa notícia. Desde o início, o meu procurador me deixou ciente de tudo que se passava. Estou feliz porque estou possibilitando ao clube que me projetou uma boa entrada de recursos em um curto espaço de tempo, ainda mais que o meu contrato terminava em julho de 2004", completou.O jovem atacante tem na velocidade sua principal característica. Kim iniciou sua carreira nas categorias de base do Atlético e já atuou em 112 partidas pelo time principal, marcando 21 gols. Este ano, o jogador participou de 29 jogos e marcou cinco gols, dois deles pelo Campeonato Brasileiro. Seu novo clube tem as cores verde e branca e um coqueiro como símbolo. O time é de Jidá, capital administrativa da Arábia Saudita.Kim foi o terceiro atacante a trocar o Galo pelo futebol árabe este ano. Em abril, o baiano Alessandro, foi para o Al Kwait Club. O clube alvinegro recebeu US$ 300 mil de indenização. Em agosto, foi a vez de Guilherme ir para o Al Ittihad, da Arábia Saudita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.