Bruno Cantini/Divulgação
Bruno Cantini/Divulgação

Atlético-MG começa a decisão da Libertadores de olho no segundo jogo

Mineiros jogam contra o Olímpia sonhando em decidir no Independência

MARCELO PORTELA, O Estado de S. Paulo

16 de julho de 2013 | 07h50

BELO HORIZONTE - O Atlético-MG viajou na segunda-feira (15) à noite para Assunção, no Paraguai, com a cabeça no jogo de quarta-feira (17) com o Olimpia, o primeiro da decisão da Libertadores, mas também na segunda partida, marcada para o dia 24. Os mineiros ainda aguardam resposta da Conmebol ao pedido para mudança do local da disputa e têm esperança de jogar no Estádio Independência e não no Mineirão, como determinou a entidade sul-americana.

Por meio de sua assessoria, a direção do Atlético afirmou que conta com "o bom senso’’ da Conmebol e aguarda uma definição "o mais breve possível’’.

Pelo regulamento da Libertadores, a final deve ser jogada em estádios com capacidade para pelo menos 40 mil torcedores. O Independência comporta pouco mais de 23 mil, mas a direção atleticana argumentou que o Defensores Del Chaco, local do jogo de amanhã, pode receber apenas 36 mil pessoas.

Por conta disso, o Atlético quer "igualdade de direitos’’ e tem apoio até do presidente da CBF, José Maria Marin, que acompanhará a partida em Assunção junto com o presidente do Atlético, Alexandre Kalil. Eles devem se encontrar com o comandante da Conmebol, o uruguaio Eugenio Figueredo, para tentar definir a questão.

Mesmo sem a certeza do local da segunda partida – o que impede o início da venda de ingressos – cerca de 100 torcedores já estão acampados na sede do clube, no bairro de Lourdes, aguardando para garantir um lugar.

PREPARAÇÃO

Na tarde de segunda-feira, o Galo fez o último treino no Brasil antes de seguir para o Paraguai. Cuca fechou parte das atividades. Todos os jogadores inscritos na Libertadores viajaram para Assunção, incluindo Bernard, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Cuca testou o volante Rosinei e os atacantes Luan e Guilherme na vaga. Nesta terça, o time treina no Defensores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.