Bruno Cantini/Atlético-MG
Bruno Cantini/Atlético-MG

Atlético-MG confirma transferência de Luan para time japonês

Jogador disputará a próxima temporada pelo V-Varen Nagazaki, da segunda divisão

Redação, Estadao Conteudo

18 de dezembro de 2019 | 14h34

O Atlético Mineiro confirmou nesta quarta-feira a saída do atacante Luan. O jogador, um dos xodós da torcida atleticana, vai passar a defender o V-Varen Nagasaki, que disputa a segunda divisão do futebol japonês. Ele acertou contrato de quatro anos com a equipe oriental.

"O Atlético finalizou a negociação de Luan com o V-Varen Nagasaki, do Japão. Campeão da Libertadores, Recopa, Copa do Brasil e Mineiro (3x), Luan disputou 305 jogos pelo Galo e marcou 49 gols. Obrigado pela raça e sucesso na sequência de sua carreira, Menino Maluquinho!", anunciou o clube, nas redes sociais.

Conhecido pela torcida atleticana como "Menino Maluquinho", Luan chegou ao time mineiro em 2013 e participou da principal conquista da história do clube: a Copa Libertadores de 2013. Desde que desembarcou na equipe, Luan obteve a simpatia da torcida, principalmente por sua dedicação em campo.

"É verdade que quando cheguei em BH eu sabia que nossa relação entraria para a história... Eu tinha certeza que a cada minuto vestindo o manto eu teria que deixar o meu máximo em campo representando todos vocês. E foi assim que fiz em todos os 305 jogos de alvinegro Nesse período entendi perfeitamente o que é amar um clube e o tamanho da força de vocês, fosse no Independência, no Mineirão, ou qualquer outro lugar do mundo", disse Luan, nas redes sociais.

"Foram 6 anos muito intensos, de muito aprendizado, vitórias épicas e até mesmo nas dificuldades foi possível tirar lições que me fizeram um atleta melhor e que levarei para toda a vida", escreveu o jogador. "Chegou a hora de nos despedirmos para um novo desafio na minha vida! Vou para o outro lado do mundo em busca de outras conquistas. Nesse momento agradeço a cada um que me apoiou e esteve ao meu lado nessa caminhada e saibam que eu serei eternamente grato por tanto carinho."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.