Twitter/ Sport Club Internacional
Twitter/ Sport Club Internacional

Atlético-MG decepciona na volta de Cuca e toma uma surra do Inter no Beira-Rio

Em sua reestreia na equipe mineira, treinador vê comandados do rival Mano Menezes vencerem com facilidade por 3 a 0 pelo Brasileirão

Redação, Estadão Conteúdo

31 de julho de 2022 | 18h18

Mesmo com o retorno de Cuca à beira do gramado, o Atlético-MG voltou a decepcionar a sua torcida no Brasileirão ao perder para o Internacional, neste domingo, em Porto Alegre. A derrota por 3 a 0 para o time gaúcho evidencia o declínio do atual campeão nacional na temporada.

A vitória do Inter foi construída toda no primeiro tempo. Maurício (duas vezes) e Wanderson selaram o triunfo que marcou com derrota o início dessa nova passagem do técnico Cuca no Atlético-MG. O time, que vinha de revés em casa para o Corinthians, segue estacionado com 32 pontos e tem dez a menos que o líder Palmeiras. Já o Inter tenta se recuperar na classificação e tem a mesma pontuação do Flamengo (33) na tabela.

A semana reserva jogos decisivos para as duas equipes em competições internacionais. O Atlético-MG recebe o Palmeiras pelo primeiro jogo das quartas de final da Libertadores, na quarta-feira. Já pela Copa Sul-Americana, o Internacional entra em campo na quinta-feira e encara o Melgar, também pela fase mata-mata, em Arequipa.

O Inter abriu o placar logo aos 6 minutos em belo gol de Maurício, que dominou com liberdade pelo meio e arriscou um chute de meia distância. Everson foi na bola, mas não conseguiu fazer a defesa: 1 a 0. A desvantagem abalou o time mineiro, que passou a atacar de forma desordenada. O Inter recuou os homens de meio-campo e teve o contra-ataque em velocidade como principal arma. E foi numa escapada de Edenílson pela direita que saiu o segundo gol. Ele chegou à linha de fundo e cruzou rasteiro. Wanderson chutou firme e aumentou a vantagem para 2 a 0, aos 23 minutos.

O Atlético-MG passou a falhar também na saída de bola e isso tornou o contra-ataque gaúcho ainda mais letal. Carlos De Pena acionou Maurício que, de perna esquerda, bateu no cantinho e fez o terceiro do Inter, ainda no primeiro tempo. A etapa final apresentou um jogo mais equilibrado, com o Atlético-MG mais objetivo a fim de diminuir a diferença. Arana acertou o travessão do goleiro Daniel e Sasha perdeu outra grande chance. Bem marcado, Hulk teve pouco espaço no duelo contra os zagueiros.

Com a partida sob controle, o Internacional passou a administrar o ritmo. O Atlético-MG ainda tentou as bolas alçadas na área, mas a defesa gaúcha conseguiu levar vantagem no jogo aéreo. Apesar da sensível melhora na etapa final, o time mineiro teve de se contentar com a derrota na volta de Cuca ao comando técnico do clube.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 3 x 0 ATLÉTICO-MG

INTERNACIONAL - Daniel; Bustos, Vitão, Mercado (Kaique Rocha) e Renê; Gabriel, Edenílson (Estevão), Carlos de Pena e Maurício (Johnny); Alemão (Braian Romero) e Wanderson (Pedro Henrique). Técnico: Mano Menezes.

ATLÉTICO-MG - Everson; Mariano, Nathan Silva, Júnior Alonso e Guilherme Arana (Dodô); Allan, Jair (Rubens), Nacho Fernández (Vargas) e Ademir (Pedrinho); Keno (Sasha) e Hulk. Técnico: Cuca.

GOLS - Maurício, aos 6 e aos 30 e Wanderson, aos 23 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Mercado (Internacional) e Ademir(Atlético-MG).

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Souza (SP).

RENDA - R$ 2.054.144,00.

PÚBLICO - 36.082 pagantes.

LOCAL - Estádio Beira Rio, em Porto Alegre (RS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.