Atlético-MG derrota Guarani por 3 a 2

Mesmo não repetindo as atuações dos últimos jogos, o Atlético-MG venceu nesta quarta-feira o Guarani, por 3 a 2, no Mineirão, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Esta foi a primeira vitória do Galo no Mineirão, resultado que levou o time do técnico Celso Roth aos 10 pontos ganhos, na liderança ao lado do rival Cruzeiro. O Bugre continua com seis pontos. O meia Lúcio Flávio, o zagueiro Scheidt e o atacante Guilherme fizeram os gols da equipe mineira, enquanto Creedence marcou duas vezes para o Guarani."Se hoje não foi uma grande partida do Atlético, o importante foram os três pontos que conquistamos", analisou, de forma pragmática, o goleiro Velloso. "O time foi bem porque ganhou, mas cometemos erros que não se pode cometer num jogo como esse", alertou Guilherme.Com um futebol bastante competitivo, o Galo dominou a partida nos quinze minutos iniciais. O gol saiu aos 12 minutos. O lateral-direito Cicinho sofreu falta na entrada da área, que Lúcio Flávio cobrou com perfeição, acertando o ângulo esquerdo de Jean.Após alcançar a vantagem no marcador, o time mineiro acabou cedendo espaço ao Bugre, que terminou os primeiros 45 minutos merecendo o empate. Wágner chegou a marcar, mas o árbitro Lourival Lima Dias Filho anulou, assinalando impedimento no lance.Na volta do intervalo, o Atlético perdeu o volante Hélcio, que, segundo o médico Rodrigo Lasmar, sofreu uma fratura exposta no braço esquerdo e precisou ser substituído por Ferrugem.Logo depois, o centroavante Creedence quase empatou para o time de Campinas. Na seqüência, após uma rebatida na pequena área do Guarani, Scheidt marcou o seu primeiro gol com a camisa atleticana e ampliou para a equipe mineira, aos 14 minutos.Mas, três minutos depois, Creedence não desperdiçou a segunda oportunidade e, de cabeça, diminuiu para o Bugre. Em busca da igualdade, o time do técnico Pepe passou a comandar as ações ofensivas na partida, mas não o suficiente para marcar o segundo gol. Como castigo, aos 44 minutos, Guilherme recebeu um passe de Cicinho e fez 3 a 1, consolidando a vitória alvinegra.Creedence, grande destaque do time de Campinas, ainda diminuiu nos acréscimos do árbitro, mas não havia tempo para a reação. Ao final da partida, os jogadores do Galo lamentaram a grave contusão de Hélcio, considerado um dos líderes do time atleticano.Ficha TécnicaAtlético-MG - Velloso; Cicinho, André Luiz, Scheidt e Marquinhos; Hélcio (Ferrugem), Genalvo, Lúcio Flávio (Paulinho) e Alexandre (Nem); Guilherme e Alessandro. Técnico: Celso Roth.Guarani - Jean; Patrício (Rinaldo), Juninho, Paulão e Alex; Rafael (Marquinhos), Emerson, Bruno Quadros e Esquerdinha (Lúcio); Creedence e Wágner. Técnico - Pepe.Gols: Lúcio Flavio, aos 12 minutos do 1º tempo. Scheidt, aos 14; Creedence, aos 17 e aos 46; e Gulherme, aos 44 minutos do 2º tempo.Árbitro - Lourival Lima Dias Filho (BA).Cartões amarelos - Patrício, Alex, Bruno Quadros, Paulão.Renda - R$ 130.600, 00.Público - 15.795 pagantes.Local - Mineirão.classificação

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.