Atlético-MG derrota Paysandu por 3 a 2

O Atlético-MG enfrentou muitas dificuldades para vencer, neste sábado à noite, o Paysandu, no Mineirão, por 3 a 2. Com o resultado, o time mineiro subiu da sexta para a quinta posição no Campeonato Brasileiro, com 27 pontos. Já a situação da equipe paraense continua complicada. O time do técnico Ivo Wortmann se mantém com 16 pontos, entre os últimos colocados. As equipes faziam um primeiro tempo equilibrado até que, aos 18 minutos, Alex Alves fez um longo e preciso lançamento para o companheiro de ataque Fábio Júnior, que ganhou do zagueiro na corrida e tocou por cima do goleiro Carlos Germano, fazendo 1 a 0. O time mineiro ampliou aos 35 minutos da etapa inicial, quando o lateral-direito Cicinho aproveitou uma sobra de bola na área adversária e marcou o segundo gol atleticano. O Paysandu reagiu na volta do intervalo e, aproveitando-se da apatia do time do técnico Celso Roth, conseguiu chegar ao empate. O atacante Robson diminuiu aos 24 minutos e, depois de muita pressão do time paraense, Balão igualou o marcador, aos 32 minutos. Antes mesmo antes do empate do Paysandu, a torcida do Atlético pedia insistentemente a entrada do meia Paulinho, que substituiu Alexandre para marcar o gol da vitória, aos 34 minutos. ?A gente achou que a partida estava ganha", reclamou o goleiro Velloso. ?Nós precisamos de uma vitória convincente. É isso que está faltando para a gente ter mais tranqüilidade para trabalhar durante a semana", completou.

Agencia Estado,

05 de julho de 2003 | 20h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.