Atlético-MG desiste da contratação do goleiro Renê

A diretoria do Atlético Mineiro anunciou nesta sexta-feira que desistiu da contratação do goleiro Renê, que disputou o Campeonato Brasileiro pelo Barueri. O motivo alegado foi um contrato assinado pelo jogador com a Portuguesa, sem o conhecimento do clube mineiro.

AE, Agencia Estado

18 de dezembro de 2009 | 16h00

Renê, de 32 anos, chegou a fazer uma exame médico em Belo Horizonte para acertar com o Atlético-MG e disse que não havia assinado nenhum contrato com a Portuguesa. Mas, diante das informações de que o goleiro iria atuar no clube mineiro em 2010, a diretoria da Lusa veio a público para divulgar o contrato de dois anos de duração assinado pelo atleta.

Neste ano, Renê também ganhou notoriedade por outro fator extra-campo. Na reta final do Brasileirão, o goleiro declarou abertamente que teria recebido "mala branca" para vencer o Flamengo e chegou a ser afastado pela diretoria do Barueri por três rodadas do campeonato.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAtlético-MGPortuguesaRenê

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.