Atlético-MG deve ter mudanças nas laterais em Curitiba

O Atlético Mineiro deve ter novidades na sua escalação e no esquema tático na partida contra o Atlético Paranaense, quarta-feira, em Curitiba, pela primeira rodada do segundo turno do Campeonato Brasileiro. O técnico Cuca divulgou a lista de relacionados e mostrou que o time terá alterações.

AE, Agência Estado

29 de agosto de 2011 | 14h53

Uma delas irá ocorrer na lateral direita atleticana. O volante Serginho, que vinha sendo improvisado na posição, recebeu o terceiro cartão amarelo na derrota por 2 a 1 para o Cruzeiro, e vai cumprir suspensão automática diante do Atlético-PR. Como não possui jogador da posição no elenco, Cuca terá que fazer nova improvisação.

O meia Mancini, que iniciou a carreira como lateral-direito no Atlético-MG, poderá ser escalado na posição. Nesse caso, porém, o sistema tático deverá ser alterado. Como o jogador não está acostumar a atuar na lateral, Cuca pode optar pelo esquema tático 3-5-2. Ao contrário do que vinha fazendo, o treinador relacionou quatro zagueiros - um a mais do que em jogos anteriores.

O Atlético-MG também poderá ter mudanças na outra lateral. Triguinho, que ficou fora do banco de reservas contra o Cruzeiro, voltou a ser relacionado por Cuca e poderá assumir a vaga de Eron, que foi substituído por Cuca no intervalo do clássico de domingo.

Com seis derrotas consecutivas e há oito rodadas sem vencer, o Atlético-MG está em penúltimo lugar no Campeonato Brasileiro com 15 pontos. O duelo com o Atlético-PR é um confronto direto na luta contra o rebaixamento, já que o time curitibano está em 17º lugar, com 18 pontos.

Confira a lista de relacionados do Atlético-MG:

Goleiros: Giovanni, Renan Ribeiro.

Laterais: Eron, Triguinho.

Zagueiros: Leonardo Silva, Lima, Réver, Werley.

Volantes: Fillipe Soutto, Pierre, Richarlyson.

Meias: Bernard, Caio, Daniel Carvalho, Mancini.

Atacantes: André, Guilherme, Magno Alves, Neto Berola.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.