Atlético/Site oficial
Atlético/Site oficial

Atlético-MG é absolvido pelo STJD por apagão na rodada final do Brasileirão

Na decisão desta sexta, os auditores recriminaram o clube mineiro pela falha de infraestrutura, mas evitaram apontar punição

Estadão Conteúdo

19 Janeiro 2018 | 16h22

O Atlético Mineiro foi absolvido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), em julgamento nesta sexta-feira, no caso do apagão no Independência, durante o jogo contra o Grêmio, pela última rodada do Brasileirão do ano passado, no início de dezembro.

+Atlético lamenta má pontaria e projeta evolução após empate na estreia no Mineiro

+ Paulo Paixão critica calendário e vê Atlético-MG pronto a partir do sétimo jogo

O episódio aconteceu na reta final da partida disputada no Independência, em Belo Horizonte, no dia 3 de dezembro. Quando aconteceu o apagão, o duelo estava empatado por 3 a 3. E, no retorno da partida, o Atlético buscou o quarto gol, com Otero, aos 53 minutos do segundo tempo, em cobrança de falta.

A situação lembrou o duelo contra o Newell´s Old Boys, da Argentina, em 2013. Depois de um apagão no estádio, o Atlético buscou a vitória e garantiu a vaga na final daquela edição da Copa Libertadores.

Na decisão desta sexta, os auditores a Quinta Comissão Disciplinar recriminaram o clube mineiro pela falha de infraestrutura, mas evitaram apontar punição. O Atlético foi absolvido por decisão da maioria dos auditores.

No duelo disputado em dezembro passado, os refletores do Independência se apagaram logo após o árbitro expulsar o volante Gustavo Blanco, aos 37 minutos do segundo tempo. O jogador também foi julgado pelo STJD nesta sexta e recebeu um jogo de suspensão, por jogada violenta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.