Atlético-MG elege Ricardo Guimarães

O atual presidente do Atlético-MG, Ricardo Annes Guimarães, foi eleito hoje para um mandato de três anos à frente do clube mineiro com uma margem folgada de votos à frente dos concorrentes. Guimarães, que assumiu a presidência do Atlético em abril de 2001, quando Nélio Brant se licenciou do cargo, comandará o clube no triênio 2004/2006. A chapa da situação obteve 87,86% dos votos, ou 333 dos 379 votos depositados nas urnas pelos conselheiros alvinegros. Ao todo, 457 conselheiros tinham direito de votar. As duas chapas de oposição - encabeçadas pelo advogado Gustavo Rodarte de Queiroz e pelo jornalista Itamar Vasconcelos - obtiveram somente 45 votos. Foram 43 votos para Rodarte e apenas dois para Vasconcelos. Houve somente um voto nulo. Guimarães comemorou a vitória esmagadora. "Isso nos dá confiança para fazer o que precisa ser feito. O pessoal confia no nosso trabalho, sabe o que precisamos fazer e não vamos decepcionar", afirmou o dirigente, de 42 anos, que foi eleito pela primeira vez. O desafio de Guimarães continua sendo dirigir um clube endividado e carente de títulos. O Atlético possui um rombo financeiro calculado em aproximadamente R$ 100 milhões e não conquista um campeonato há três anos e meio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.