Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Atlético-MG empata com Figueirense no Mineirão

Atlético-MG e Figueirense empataram sem gols neste sábado, no Mineirão, em um resultado que não foi bom para as duas equipes. Se o time de Belo Horizonte ainda sonhava com uma possível arrancada que pudesse garantir uma vaga na Libertadores, a permanência na 12.ª posição, com 34 pontos, frustrou de vez esta pretensão. Enquanto isso, a igualdade por 0 a 0 deixa a equipe catarinense correndo sério risco de rebaixamento, com 29 pontos, no 15.º lugar. Ainda nesta 27.ª rodada do Brasileirão, o clube de Florianópolis pode entrar na área de descenso, dependendo dos resultados de domingo. Apesar do empate, o Atlético-MG entrou em campo no Mineirão com a clara intenção de atacar e tentar a vantagem ainda no primeiro tempo. Já o Figueirense adotou uma postura defensiva, jogando apenas nos contra-ataques. Logo no primeiro minuto de partida, o time mineiro levou perigo em uma cabeçada de Renan Oliveira, após cruzamento da esquerda de Marques. A bola foi no pé da trave e saiu pela linha de fundo.A estratégia do Atlético parecia ser atacar pelas laterais, principalmente a esquerda, onde se posicionavam César Prates e Marques. Aos 12 minutos, Lenílson teve grande chance, novamente em cruzamento da esquerda. O atacante atleticano tentou um bonito voleio, mas pegou apenas de raspão.O goleiro Juninho, que voltava ao gol do Atlético, fez sua primeira defesa aos 14, em chute de longe de Marquinhos. Dois minutos depois, Bruno Santos teve a melhor chance do Figueirense de marcar na partida, em cabeçada que parou nos braços do arqueiro atleticano. O primeiro tempo continuava movimentado e o time mineiro queria abrir o marcador, mesmo que fosse insistindo nos cruzamentos.Aos 25, César Prates alçou mais uma vez a bola na área do Figueirense e Lenílson desperdiçou a oportunidade de abrir o marcador, cabeceando com força, mas para fora. O Atlético ainda perderia mais uma chance no primeiro tempo, com Marques. O atacante ficou de frente para Wilson, dentro da área. O jogador acabou hesitando em chutar e tentou o cruzamento, que não achou ninguém do time mineiro.Na etapa final, o jogo caiu muito em qualidade, apesar de os técnicos tentaram lançar suas equipes ao ataque. Mário Sérgio colocou Wellington Amorim em campo logo no intervalo, enquanto Marcelo Oliveira promoveu as entradas do meia Petkovic e do atacante boliviano Castillo ainda antes dos 15 minutos. As mudanças não surtiram efeito para garantir um ataque eficiente dos dois lados.Aos 25 minutos, Castillo ainda teve a chance de abrir o marcador em mais um cruzamento de César Prates. O boliviano, no entanto, não conseguiu alcançar a bola no segundo poste e apenas desviou de leve, para fora. No restante do confronto, as equipes atacaram com cautela e o Figueirense parecia satisfeito com o empate fora de casa.Na próxima rodada, o Atlético encara o Palmeiras, no Palestra Itália, no sábado. No mesmo dia, o Figueirense vai a São Januário pegar o Vasco, adversário direto na luta contra o rebaixamento no Brasileirão.Ficha Técnica:Atlético-MG 0 x 0 FigueirenseAtlético-MG - Juninho; Mariano; Leandro Almeida; Marcos e César Prates; Rafael Miranda, Márcio Araújo (Petkovic), Serginho (Elton) e Renan Oliveira; Lenílson (Castillo) e Marques. Técnico: Marcelo Oliveira.Figueirense - Wilson; Alex, Gomes, Asprilla e Diogo; Magal, Cleiton Xavier, Marquinho e Alex Cazumba; Ramon (Jackson) e Bruno Santos (Wellington Amorim). Técnico: Mário Sérgio.Cartões amarelos - Leandro Almeida, Rafael Miranda (Atlético-MG), Cleiton Xavier e Gomes (Figueirense).Árbitro - Djalma José Beltrami Teixeira (Fifa-RJ).Renda - R$ 92.655.Público - 19.239 pagantes. Local - Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

RAFAEL BRAGANÇA, Agencia Estado

27 de setembro de 2008 | 20h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.