Atlético-MG empata e mantém liderança na Libertadores

Time mineiro não consegue manter os 100% na competição continental

AE, Agência Estado

13 de março de 2014 | 00h06

CIUDAD DEL ESTE - Ao contrário do rival Cruzeiro, que já perdeu duas em três rodadas, o Atlético Mineiro segue em situação tranquila na Copa Libertadores. Nesta quarta-feira, fora de casa, empatou com o Nacional, do Paraguai, por 2 a 2, e segue na liderança do Grupo 4. Agora com sete pontos, o time brasileiro tem três de vantagem para os próprios paraguaios. Na Venezuela, o Zamora bateu o Independiente Santa Fé, da Colômbia, por 2 a 1 e ambos estão com três pontos.

No jogo disputado no estádio 3 de Febrero, em Ciudad del Este, especialmente escolhido pelo Nacional por causa da proximidade com o Brasil - faz fronteira com Foz do Iguaçu, no Paraná - para atrair mais torcedores, o Atlético teve um início ruim e sofreu o primeiro gol logo aos oito minutos. Após jogada pelo meio, Marcos Melgarejo recebeu livre na grande área, pelo lado direito, e chutou rasteiro por baixo das pernas de Victor.

Em desvantagem, o Atlético mostrou tranquilidade e conseguiu a virada em um intervalo de cinco minutos. Aos 21, Ronaldinho Gaúcho carregou a bola pelo meio e tocou para Josué dentro da área. Sem marcação, o volante chutou forte e rasteiro para empatar. Aos 26, a jogada foi pela esquerda com o argentino Dátolo, que cruzou para Jô, em posição de impedimento, tocar para o gol.

No segundo tempo, o Atlético preferiu administrar o resultado e pouco criou de produtivo no ataque. A defesa também não sofria grandes sustos até que, aos 40 minutos, após cruzamento na área atleticana, o zagueiro Otamendi colocou a mão na bola. Na cobrança do pênalti, Sílvio Torales bateu forte no meio do gol e não deu chances para Victor.

A próxima rodada do Grupo 4 será na próxima semana. Na terça, o Independiente Santa Fé receberá o Zamora. Na quarta, às 22 horas, no estádio Independência, em Belo Horizonte, o Atlético enfrentará novamente o Nacional.

FICHA TÉCNICA

NACIONAL 2 x 2 ATLÉTICO-MG

NACIONAL - Ignacio Don; Ramón Coronel, Raúl Balbuena, Leo Cáceres e David Mendoza; Marcos Melgarejo (Santa Cruz), Marcos Riveros, Derlis Orué (Lusardi) e Silvio Torales; Julián Benítez (Martínez) e Fredy Bareiro. Técnico: Gustavo Morínigo.

ATLÉTICO-MG - Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Otamendi e Dátolo (Alex Silva); Pierre, Josué (Leandro Donizete), Diego Tardelli, Ronaldinho Gaúcho (Rosinei) e Fernandinho; Jô. Técnico: Paulo Autuori.

GOLS - Marcos Melgarejo, aos 8, Josué, aos 21, e Jô, aos 26 minutos do primeiro tempo; Silvio Torales (pênalti), aos 41 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Marcos Melgarejo, Leo Cáceres, Raúl Balbuena e Ramón Coronel (Nacional); Otamendi, Ronaldinho Gaúcho, Josué e Leandro Donizete (Atlético-MG).

ÁRBITRO - Patricio Loustau (Fifa/Argentina).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio 3 de Febrero, em Ciudad del Este (Paraguai).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLibertadoresAtlético-MG

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.