Arquivo/AE
Arquivo/AE

Atlético-MG encara Flu e crise na luta contra descenso

Há 14 rodadas na zona de rebaixamento, time mineiro enfrenta pressão, às 21h, no Engenhão

EDUARDO KATTAH, Agência Estado

23 de setembro de 2010 | 08h14

Em meio à cobrança da torcida pela demissão do técnico Vanderlei Luxemburgo, o Atlético Mineiro encara o Fluminense, nesta quinta-feira, às 21 horas, no estádio Engenhão, no Rio de Janeiro, pela 24.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Há 14 rodadas na zona de rebaixamento, o time alvinegro terá a dura missão de confrontar o vice-líder da competição e um dos candidatos ao título para tentar se recuperar fora de casa de duas derrotas consecutivas.

Veja também:

linkFluminense espera ter Conca e Deco contra Atlético-MG

Após o revés contra o Vitória, no último domingo, os torcedores presentes em Sete Lagoas (MG) pediram a cabeça do treinador, que já avisou que não pedirá para sair. No início da semana, o presidente Alexandre Kalil reuniu a imprensa e garantiu que não irá adotar a tradicional "receita" dos dirigentes: dispensar o treinador para estancar a crise. Kalil assumiu a responsabilidade e também cobrou um melhor desempenho dos jogadores.

O atacante Diego Tardelli - que causou polêmica no último jogo ao reclamar do empenho dos colegas -, diz que a situação chegou a tal ponto que dá vergonha de sair de casa. Apesar da preocupação com a ameaça de rebaixamento, Tardelli acredita que a equipe pode surpreender no Engenhão.

Luxemburgo deverá optar por um meio de campo mais marcador, com o retorno do volante Zé Luis e apenas um jogador de criação: Daniel Cavalho. Na zaga, Réver, recuperado de lesão, volta ao time titular. Outra novidade deverá ser o lateral-direito Rafael Cruz, no lugar de Diego Macedo - cuja atuação no último jogo foi bastante criticada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.