Atlético-MG encara o Corinthians cheio de desfalques

O Atlético Mineiro entra em campo desfigurado neste domingo contra o Corinthians, pela 19.ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partir das 16 horas, no Pacaembu, o time mineiro busca a sua 5.ª vitória como visitante na competição. Mas sem poder contar com nada menos do que seis titulares, o técnico Celso Roth precisou quebrar a cabeça para escalar o time, que soma 32 pontos e tenta se manter no encalço do líder Palmeiras.

EDUARDO KATTAH, Agencia Estado

16 de agosto de 2009 | 09h06

Veja também:

linkCorinthians muda para acabar com jejum de vitórias

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Não queremos deixar o primeiro colocado se distanciar e precisamos buscar o três pontos lá em São Paulo", resumiu, confiante, o zagueiro Werley, que deverá formar o trio de zaga com Alex Bruno e o jovem Thiago Cardoso.

Com muitos problemas, Roth optou pelo esquema 3-5-2. Os desfalques são muitos: o volante Márcio Araújo e o goleiro Aranha, lesionados; os volantes Serginho e Jonílson e o zagueiro Welton Felipe, todos suspensos, e Carlos Alberto, que por força de contrato não pode enfrentar o Corinthians, clube que detém seus direitos.

Restou a Roth apostar na "molecada". O setor defensivo, por exemplo, terá o zagueiro Thiago Cardoso, de apenas 18 anos, e o goleiro Bruno, de 21, que faz sua segunda partida como profissional.

Por outro lado, o técnico atleticano poderá contar com o retorno do artilheiro Diego Tardelli, que estava servindo a seleção brasileira no amistoso contra a Estônia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.