Atlético-MG encara o Náutico e sonha com a liderança

O técnico Celso Roth confessa que está surpreso com a rápida evolução do Atlético Mineiro, que enfrenta o Náutico neste domingo, às 16 horas, no Mineirão, em Belo Horizonte, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Embora o treinador recomende "pés no chão", o time alvinegro já pensa na liderança da competição. Para isso, precisa fazer o dever de casa e torcer por um tropeço do Internacional, que recebe o Vitória, no Beira-Rio. O clube colorado, líder com 13 pontos, tem dois a mais do que o Atlético.

EDUARDO KATTAH, Agencia Estado

14 de junho de 2009 | 08h54

A equipe mineira vem de um resultado significativo fora de casa: goleou na última rodada o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada. Se longe dos seus domínios o Atlético já soma duas vitórias e um empate, no Mineirão o rendimento ainda não é tão satisfatório. A vitória sobre o Grêmio foi conquistada somente nos acréscimos com um gol de pênalti duvidoso. No outro compromisso em casa, o time decepcionou e só empatou com o Santo André.

A última vitória, porém, deixou entusiasmada a torcida, que deve comparecer em grande número no Mineirão. Até o treinador se diz assustado com o desempenho do time neste início de campeonato. Sem problemas para a escalação, o treinador vai manter a formação que vem atuando como titular.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.