Pedro Vilela/Reuters
Pedro Vilela/Reuters

Atlético-MG garante quarto título seguido da Libertadores para o Brasil

É a primeira vez em 53 edições do torneio que isso acontece

MARCIO DOLZAN, O Estado de S. Paulo

25 de julho de 2013 | 10h54

SÃO PAULO - A conquista inédita da Libertadores pelo Atlético-MG nessa quarta-feira manteve intacta a hegemonia do futebol brasileiro sobre os países vizinhos nos últimos anos. Foi o quarto título consecutivo de um clube do País na maior competição das Américas.

A supremacia do futebol brasileiro se torna ainda mais evidente pelo fato de as quatro conquistas terem vindo com quatro clubes diferentes e em cima de representantes de quatro países distintos.

A série iniciou em 2010, quando o Internacional conquistou a competição sobre o Chivas Guadalajara, do México. No ano seguinte, o Santos venceu a competição sobre o Peñarol, do Uruguai, enquanto o Corinthians chegou ao título em 2012 sobre o Boca Juniors, da Argentina.

Antes dessa série de conquistas, o Brasil amargou três vice-campeonatos na sequência, com o Grêmio caindo diante do Boca em 2007, o Fluminense para a LDU em 2008 e o Cruzeiro para o Estudiantes em 2009.

Em toda a história da competição, esta é a primeira vez que times do Brasil vencem quatro edições consecutivas da Libertadores. O único país a conseguir o feito foi a Argentina, em duas oportunidades: de 1967 a 1970, com o Racing e o tri do Estudiantes; e de 1972 a 1975, quando o Independiente foi hegemônico no continente.

O Atlético-MG foi o décimo clube brasileiro a conquistar o torneio. Ao todo, o País já tem 17 títulos da Libertadores. O País que mais vezes ficou com a taça é a Argentina, com 22 conquistas alcançadas por sete times diferentes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.