Atlético-MG joga no Ceará na luta para fugir do descenso

Com apenas 21 pontos, vice-lanterna quer mudar mau retrospecto como visitante, às 22h, no Castelão

EDUARDO KATTAH, Agência Estado

29 de setembro de 2010 | 09h17

Dono da pior campanha como visitante no Campeonato Brasileiro, o Atlético Mineiro volta a campo nesta quarta-feira contra o Ceará, às 22 horas, no estádio Castelão, em Fortaleza, pela 26.ª rodada da competição nacional. Na vice-lanterna, com apenas 21 pontos, o time mineiro luta para evitar novo rebaixamento à Série B.

Veja também:

linkHá quatro jogos sem vencer, Ceará recebe o Atlético-MG

O jogo é o primeiro após o técnico Dorival Júnior comandar o grupo em treinamentos. O novo treinador, que substituiu Vanderlei Luxemburgo, estreou 24 horas depois de assinar contrato. No último domingo, assistiu da beira do gramado à derrota para o Grêmio por 2 a 1, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG).

O Atlético vem de quatro derrotas consecutivas e fará duas partidas seguidas fora de casa. Além do confronto com o Ceará, enfrenta no próximo sábado o Atlético Goianiense, no estádio Serra Dourada, em Goiânia.

Em 12 partidas como visitante, a equipe alvinegra alcançou um aproveitamento de apenas 16,67%. Foram oito derrotas, três empates e uma vitória. Pelos cálculos, para evitar a queda para a Segunda Divisão, o Atlético necessita de um aproveitamento superior a 60% nas 13 rodadas que restam. "Temos que passar por cada obstáculo de cada vez para sair dessa situação", observou o jovem goleiro Renan Oliveira, que barrou Fábio Costa e foi mantido como titular.

Dorival encerrou nesta terça a preparação para a partida com um trabalho tático realizado no Centro de Treinamento Esportivo do Nordeste (Ceten), em Itaitinga, na região metropolitana de Fortaleza. O time que irá a campo deverá ter várias novidades. Na lateral esquerda, Eron treinou como titular no lugar de Leandro, que sofreu uma fratura na mão direita. O volante Alê retorna após cumprir suspensão automática.

A presença do volante Fillipe Soutto, das categorias de base do clube, contudo, deverá ser a principal novidade no setor. A criação ficará a cargo de Diego Souza, que voltou a treinar entre os titulares. No ataque, o técnico não poderá contar com artilheiro Diego Tardelli, que sofreu um estiramento muscular na coxa. Daniel Carvalho deverá jogar adiantado, formando dupla com Obina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.