Atlético-MG joga para salvar Tite

Na lanterna do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG enfrenta o Fortaleza nesta quarta-feira, às 20h30, no Castelão. Deve ser a última chance do técnico Tite, seriamente ameaçado de demissão no clube mineiro.A diretoria do Atlético já manifestou apoio público ao treinador, mas uma nova derrota fará com que sua demissão seja inevitável. "Se precisar, nós vamos trocar", chegou a dizer o presidente do clube, Ricardo Guimarães."Agora é momento de homem, é momento de caráter, é momento de expor, de jogar sobre pressão, sobre a necessidade dos resultados", afirmou Tite, lembrando que o Atlético está com apenas 8 pontos, na última colocação do Brasileiro.Para o atacante Marques, a única alternativa agora é "encarar as críticas". "Se ganharmos, o grupo e a comissão técnica ficarão mais fortes. Precisamos nos unir, olhar para frente e pensar em vencer as próximas partidas. Só assim teremos tranqüilidade", avisou.Para piorar o clima, Tite ganhou dois problemas de última hora. O volante Amaral sofreu uma entorse no ligamento colateral medial do joelho esquerdo e foi vetado pelo departamento médico. E, num treinamento realizado já em Fortaleza, nesta terça-feira, o meia Rodrigo Fabri sofreu uma contratura na coxa esquerda e passou a ser dúvida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.