Atlético-MG joga últimas esperanças

Para manter viva a remota chance de conquistar o Campeonato Mineiro e continuar fazendo sombra ao líder Cruzeiro, o Atlético-MG precisa vencer o Ipatinga, nesta quinta-feira, às 20h30, no Estádio Independência. Um tropeço diante da equipe do Vale do Aço irá facilitar ainda mais a vida do rival, que dependeria apenas de um empate no clássico contra o América, sábado, para chegar ao título com duas rodadas de antecipação. O Atlético é o vice-líder, com 17 pontos, oito menos que o Cruzeiro, que folga na rodada desta quinta-feira. A competição deste ano está sendo disputada em turno único e por pontos corridos. A novidade no time do técnico Celso Roth será o zagueiro Scheidt, que estréia com a camisa atleticana. Com a suspensão de Hélcio, o treinador decidiu escalar três zagueiros, porém, sem abrir mão do 4-4-2. André Luiz fará a função de volante, abrindo vaga no setor defensivo. A zaga será formada por Scheidt e Neguette, que se recuperou de uma pancada no joelho esquerdo. O ex-corintiano foi contratado há três semanas e não esconde a ansiedade por voltar a participar de uma partida oficial. ?É importante sentir esse frio na barriga, essa ansiedade de entrar, jogar e mostrar todo o meu potencial", disse o atleta, que durante os dias de carnaval preferiu ficar na capital mineira, aprimorando a forma física no CT de Vespasiano. O Ipatinga está em quinto lugar na tabela de classificação, com 13 pontos em oito partidas. A equipe do técnico Flávio Lopes vem embalada por duas vitórias consecutivas. Outros dois jogos completam a rodada: Mamoré x Guarani e Tupi x Nacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.