Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Atlético-MG lamenta empate, mas sai satisfeito com desempenho em São Paulo

'A gente merecia ganhar', diz o meia Otero após 1 a 1 contra o Palmeiras no Allianz Parque

Redação, Estadão Conteúdo

06 de outubro de 2019 | 19h55

Nem tudo foi lamentação no Atlético-MG após o empate com o Palmeiras, por 1 a 1, no Allianz Parque, em São Paulo, na tarde deste domingo pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os jogadores do time de Belo Horizonte elogiaram o desempenho da equipe e a entrega defensiva durante a partida.

O técnico Rodrigo Santana resolveu mexer no sistema tático, escalando a equipe com três zagueiros, assim como congestionou o meio-campo com dois volantes e deixou apenas Di Santo no ataque. A ideia era a de reforçar a marcação para frear as investidas palmeirenses e apostar na chegada em velocidade dos laterais ao ataque.

"Passou perto a vitória. Infelizmente não deu. A gente executou a proposta que foi trabalhada durante toda semana de fazer uma linha de cinco e só um atacante. Tivemos a chance de ampliar em alguns contra-ataques, seguramos bem a pressão. Levamos um ponto para casa", comentou o zagueiro e capitão Léo Silva.

"A gente veio com uma proposta e deu certo. Fizemos o gol, o que era bastante difícil, mas infelizmente não conseguimos segurar. Temos que dar os parabéns para o grupo, entrega não faltou. Empatezinho amargo para gente, mas é isso, futebol é isso", acrescentou Iago Maidana.

O meia Otero foi mais enfático e disse que o Atlético-MG poderia ter saído com um resultado melhor do Allianz Parque. "A gente merecia ganhar. Eles atacaram, tiveram mais posse, mas é uma vitória que sai das nossas mãos. Agora é pensar no que vem", finalizou o venezuelano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.