Bruno Cantini / Atlético-MG
Bruno Cantini / Atlético-MG

Atlético-MG mira contenção de gastos e melhora da 'rede de captação' para 2018

Alexandre Gallo promete rede para encontrar talentos jovens em todo o Brasil

Estadão Conteúdo

29 de dezembro de 2017 | 08h06

A eleição de Sérgio Sette Câmara para a presidência do Atlético Mineiro trouxe algumas mudanças para 2018. Uma delas é o ajuste financeiro, como demonstrou a rescisão do centroavante Fred e a ida do lateral-direito Marcos Rocha para o Palmeiras. E a outra promete ser a maior atenção às categorias de base.

+ Gallo admite mudança de perfil no Atlético-MG: 'Queremos uma equipe mais rápida'

+ Atlético-MG anuncia contratação do lateral Samuel Xavier

Na avaliação de Alexandre Gallo, diretor de futebol do clube, um dos principais focos da nova gestão é melhorar a contratação não apenas de atletas profissionais, mas também das categorias de base.

"Estamos trazendo novidades e, no início de janeiro, vamos passar para a nossa torcida. Há várias situações novas, principalmente na questão da captação. Vamos criar uma rede de captação efetiva em todo o Brasil", prometeu Alexandre Gallo, ex-técnico da seleção brasileira sub-20. "Queremos qualificar os nossos atletas e, para isto, uma rede de captação vai ser importante".

Além de investir em uma rede de captação, Alexandre Gallo reitera o discurso da contenção. Para ele, o Atlético Mineiro gastou muito nos últimos anos. O torcedor, assim, precisa estar ciente de que haverá mudanças.

"Dentro da nossa condição, é um ano de ajustes e precisamos colocar isso para a torcida. Mas, mesmo sendo um ano de ajuste, a criatividade precisa estar em primeiro plano", detalhou. "E a criatividade passa por algumas ações dentro do mercado da bola onde você consiga qualificar sua equipe e abaixar esse custo, que vinha sendo um pouco fora da nossa realidade".

Com essas mudanças, garante o dirigente, o Atlético Mineiro terá condições de realizar um excelente 2018. "Essa é a ideia. Montar um time forte para que o Oswaldo (de Oliveira, treinador) possa fazer um bom trabalho e, assim, naturalmente, as conquistas acabarão acontecendo".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.