Bruno Cantini / Atlético-MG
Bruno Cantini / Atlético-MG

Atlético-MG recebe Vasco e mira novo triunfo para voltar a sonhar com Libertadores

Time carioca espera surpreender em Belo Horizonte para ficar perto de 'algo a mais' na temporada

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de outubro de 2019 | 07h42

O Atlético-MG entra em campo nesta quarta-feira para enfrentar o Vasco, a partir das 19h15 (horário de Brasília), no estádio Independência, tentando provar que o pior já passou e para fazer as pazes com o seu torcedor. Afinal, após encerrar uma sequência de seis derrotas no Campeonato Brasileiro, tentará emplacar o segundo triunfo consecutivo no torneio, no compromisso que foi adiado da 21ª rodada.

O duelo, marcado para a semana passada, precisou ser adiado porque o Atlético-MG estava envolvido nas semifinais da Copa Sul-Americana. A competição era vista como última oportunidade para a equipe faturar um título em 2019, além de distribuir uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores, mas o time acabou sendo eliminado nas semifinais pelo argentino Colón.

A queda no Mineirão lotado por 45 mil atleticanos piorou a situação de um clube pressionado por seis derrotas consecutivas no Brasileirão, série que derrubou a equipe da quarta para a décima posição. E ampliou a crise, a ponto de torcidas organizadas terem realizado ação para público zero no compromisso seguinte, a vitória por 2 a 1 sobre o Ceará, quando pouco mais de 6 mil pessoas foram ao Independência.

O triunfo encerrou o jejum atleticano no Brasileirão e trouxe um pouco de tranquilidade ao técnico Rodrigo Santana. Agora, a expectativa é de ampliar a recuperação diante do Vasco, para iniciar nova arrancada ao G6 - o time está a sete pontos do Bahia, clube que abre a zona de classificação à Libertadores.

Para isso, Santana optou por manter a base da formação que superou o Ceará no último domingo. Isso inclui a escalação do polivalente meia Nathan na função de primeiro volante, pois Jair, com status de titular absoluto, segue como desfalque, lesionado.

Quem também não poderá atuar por estar contundido é o colombiano Chará. Ele terá a sua vaga ocupada por Otero, que no fim de semana o substituiu durante o duelo com o Ceará e marcou um dos gols do triunfo do Atlético-MG, que derrotou o Vasco por 2 a 1, em São Januário, no primeiro turno do Brasileirão. "Acredito que estou bem melhor agora e espero ter mais participações dentro de campo, para ajudar meus companheiros, como foi no último jogo", disse Otero.

Luxemburgo busca conquistar um 'algo a mais'

O técnico Vanderlei Luxemburgo disse que tinha dois objetivos quando assumiu o Vasco em maio. Evitar a queda para a Série B e, depois, conseguir um "algo a mais", que seria atingir uma posição que garantisse a disputa de mais uma competição em 2020. Pois o time de São Januário enfrenta o Atlético-MG, nesta quarta-feira, no Estádio Independência, com a possibilidade, em caso de vitória, de se aproximar da zona de classificação à Copa Sul-Americana.

Com 24 pontos, em 14.º lugar na tabela de classificação do Brasileirão, o Vasco, em caso de vitória, se igualaria ao Botafogo, primeiro time classificado para a competição sul-americana nesse momento, só perdendo no número de vitórias. Assim, o time se aproximaria da "segunda missão" de Luxemburgo.

Em contrapartida, uma derrota vai deixar o time cruzmaltino com apenas cinco pontos de vantagem do Cruzeiro, o primeiro clube dentro da zona de rebaixamento, o que afetaria demais as pretensões do técnico vascaíno para a temporada. "Nós sabemos que precisamos buscar pontos fora de casa. Não conseguimos contra o Corinthians, mas temos uma nova oportunidade nesta quarta-feira e temos que ir a campo com este pensamento", afirmou Luxemburgo, que poderá contar com o zagueiro colombiano Oswaldo Henríquez, que cumpriu suspensão contra o Corinthians. Ele fica com a vaga de Werley.

Os volantes Richard e Fellipe Bastos, que não foram relacionados para o jogo em Itaquera por terem os direitos federativos ligados ao time paulista reforçam o Vasco. Richard terá que disputar posição com Bruno Gomes.

ATLÉTICO-MG X VASCO

ATLÉTICO-MG: Cleiton, Patric, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos; Nathan, Luan, Elias, Rómulo Otero e Juan Cazares; Franco Di Santo. Técnico: Rodrigo Santana

VASCO: Fernando Miguel, Yago Pikachu, Oswaldo Henríquez, Leandro Castán e Danilo Barcelos; Bruno Gomes (Richard), Raul e Marcos Junior; Rossi, Ribamar e Talles Magno. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)

Horário: 19h15(de Brasília)

Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)

Para Entender

Programação de tv

Veja as principais atrações esportivas do dia

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.