Atlético-MG perde na estréia no Mineirão

Mostrando falta de entrosamento e repetindo os erros da temporada passada, o Atlético-MG estreou com derrota no Campeonato Mineiro. O Galo foi derrotado pelo Valério, de Itabira, por 3 a 2, de virada, na tarde deste domingo, no Mineirão, pela segunda rodada do Estadual. Os gols do Alvinegro foram marcados por Rodrigo Fabri e Rubens Cardoso. Haender, Robert e Gedeon deram a vitória ao time de Itabira. Com a vitória fora de casa, o Valério chega aos seis pontos em duas partidas.Já o Galo, que pega o Ituiutaba, fora de casa, na próxima rodada, mantém a série de maus resultados, observada desde o ano passado. Lento na saída para o ataque e sem a referência na área, o Galo buscava as descidas dos jogadores do meio de campo, para chegar à área do adversário. E foi assim que nasceu o primeiro gol da partida. O meio-campo Levi recebeu na intermediária e fez grande lançamento para Rodrigo Fabri, dentro da área pela meia-direita. O armador dominou, passou pela adversário e bateu cruzado, de pé direito, para fazer Atlético 1 a 0.Apesar de ter saído à frente no placar, o Galo tinha dificuldades para romper a marcação do time de Itabira que, para a surpresa do técnico Procópio Cardoso Neto, não permaneceu fechado na defesa, mesmo enfrentando o Atlético, no Mineirão. E a ousadia do Valério deu resultado. Aos 30 minutos, após cobrança de escanteio e da falha da defesa Alvinegra, Haender apareceu para empatar a partida por 1 a 1, à frente de Danrlei.Quando o placar parecia justo, pelo o que apresentaram as duas equipes, um lance casual colocou os donos da casa em vantagem. Aos 32, o lateral Tesser, que fazia uma estréia discreta, desceu pela direita e fez o cruzamento para a área. No meio do caminho, o lateral Rubens Cardoso desviou de cabeça. A bola bateu no zagueiro Paulista e enganou o goleiro Denílson, que viu a bola entrar de mansinho, no seu canto esquerdo. O árbitro Juliano Lopes Lobato deu o gol a Rubens Cardoso.No segundo tempo, assim como fez no primeiro, o Valério não se encolheu e continuou pressionando a defesa do Atlético. Logo aos 4 minutos, Danrlei evitou o empate, depois que Haender teve tudo para marcar. De tanto insistir, o Valério chegou ao empate. Aos 18 minutos, Fábio avançou livre pelo meio e disparou para o gol. O goleiro Danrlei não segurou e no rebote, Robert, que tinha acabado de entrar, apareceu para empatar a partida por 2 a 2.Depois de empatar, o Valério continuou na pressão, aproveitando a lentidão do meio-de-campo do Atlético que não se encontrava na partida e sentia a falta de um jogador no ataque. E, aos 32, a bola foi lançada para Fábio Manoel dentro da área. O atacante, entre dois defensores do Galo, forçou a passagem e se atirou. O árbitro Juliano Lopes Lobato marcou pênalti. Aos 34, o lateral Gedeon se apresentou para cobrar e virou a partida para 3 a 2, dando números finais ao placar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.