Atlético-MG pode ter Jô e Marcos Rocha contra Coritiba

Em situação para lá de incômoda no Campeonato Brasileiro, o técnico do Atlético Mineiro, Cuca, pode acionar Marcos Rocha e Jô para o jogo desta quinta-feira contra o Coritiba mesmo com a dupla retornando nesta quarta da seleção brasileira. Isto porque o time já não contará com Diego Tardelli e precisa da vitória no jogo pela 20.ª rodada, marcado para as 21 horas, no estádio Independência, em Belo Horizonte, para tentar se afastar da zona de rebaixamento. A equipe mineira está com 22 pontos.

MARCELO PORTELA, Agência Estado

12 de setembro de 2013 | 07h49

Para o atacante Alecsandro, o torcedor alvinegro tem razão de reclamar da atual situação porque "é o atual campeão da América" e vê o time em perigo. Para ele, o Atlético ainda mantém "foco" na competição e tem dois objetivos no Brasileirão: "Conquistar o título ou não entrar na zona de rebaixamento". "Sei que vou ser mal interpretado por alguns, mas a gente não pode usar o Brasileiro como treino para o Mundial", disse, referindo-se à disputa que o clube terá no Marrocos, em dezembro.

Com isso, o time precisa vencer sem a presença de Diego Tardelli, que pediu para ser poupado para aprimorar a forma física. O também atacante Guilherme foi outro que sentiu desgaste muscular, mas foi liberado pelo departamento médico e deve atuar. Além disso, Cuca também contará com as voltas de Réver e Pierre, liberados após cumprirem suspensão na última rodada. Marcos Rocha e Jô ainda serão avaliados.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoAtlético-MG

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.