Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

'Atlético-MG precisa mudar a postura antes que seja tarde demais', alerta Réver

Zagueiro pede que time se recupere após duas derrotas seguidas na Libertadores

Redação, Estadão Conteúdo

14 de março de 2019 | 18h46

As duas derrotas na Copa Libertadores e a possibilidade de eliminação na fase de grupos fez o zagueiro Réver cobrar seus companheiros de Atlético-MG nesta quinta-feira. "Precisamos mudar nossa postura, nossa atitude, antes que seja tarde demais", disse o capitão, em entrevista coletiva. "Se mudarmos a postura, temos grandes chances de obter a classificação. Mas precisamos acordar."

Réver comentou o fato de o time estar há três jogos sem marcar gols. "Tivemos quatro jogos pela pré-Libertadores. Hoje todo mundo se estuda no futebol. Cabe a nós criarmos um plano B. Temos o Campeonato Mineiro para realizar grandes jogos e voltarmos melhor para as partidas decisivas da Libertadores."

O experiente zagueiro, de 34 anos, também aproveitou para pedir um maior sacrifício por parte do elenco. "O Cerro (Porteño) veio jogar aqui com dois atacantes. E os dois, em alguns momentos do jogo, fizeram a função de volantes. O Atlético sempre foi um time de forte marcação e precisa manter isso."

Segundo o jogador, o primeiro passo para o Atlético-MG buscar um padrão de jogo melhor deve ser dado no domingo, às 16 horas, no clássico diante do América, pelo Mineiro. "Nossa situação não é nada favorável, mas só dependemos de nós para mudarmos essa situação."

Se na Libertadores o Atlético divide a lanterna do Grupo E com o Zamora, sem nenhum ponto ganho - Cerro Porteño e Nacional-URU somam seis pontos cada -, no Mineiro a equipe lidera a fase de classificação com 22 pontos, contra 21 do América e 19 do Cruzeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.