Pedro Souza/Atlético-MG
Pedro Souza/Atlético-MG

Atlético-MG prorroga por 3 meses e gratuitamente planos de sócios adimplentes

Medida também vale para atleticanos que se associarem durante o período de paralisação das competições

Redação, Estadão Conteúdo

14 de maio de 2020 | 21h04

O presidente do Atlético Mineiro, Sérgio Sette Câmara, comunicou nesta quinta-feira a prorrogação gratuita por 90 dias do Galo na Veia, o programa de sócio-torcedor, para todos aqueles que estiveram ativos e adimplentes. A medida também vale para atleticanos que se associarem durante o período de paralisação das competições em função do surto de coronavírus.

"Vamos oferecer uma ampliação gratuita do seu plano por mais três meses ao fim do contrato, para que você continue nos acompanhando quando tudo isso passar. Para quem se associar agora, haverá o mesmo direito - mais 90 dias de graça. Estamos fazendo isso para que você continue nos acompanhando e ajudando a manter o nosso Galo forte e vingador durante e depois que tudo isso passar. Conte a todos essa novidade. É importante par ao clube a chegada de novos sócios", afirmou Sette Câmara em trecho da mensagem enviada aos torcedores.

A medida do Atlético-MG visa compensar o período sem jogos, tendo sido anunciada exatamente no dia em que se completaram dois meses sem partidas do time - em 14 de março, venceu o Villa Nova por 3 a 1, pelo Estadual, na estreia do técnico Jorge Sampaoli. Na semana desse duelo, o clube havia relançado o Galo na Veia, com preços mais populares, que variavam entre R$ 10 e R$ 30 mensais.

Com a paralisação, o Atlético-MG acertou a redução dos salários do seu elenco em 25%. No início desta semana, os atletas realizaram testes para detectar se estão com coronavírus. A medida é necessária para a retomada dos treinamentos, mas o clube não definiu quando eles poderão voltar a ocorrer.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.