Atlético-MG protesta contra adiamento

A diretoria do Atlético Mineiro entrou nesta segunda-feira com pedido de mandado de garantia no STJD da CBF para tentar anular a transferência de quarta-feira para sábado o segundo jogo das semifinais da Copa Sul-Minas, contra o Cruzeiro. O Cruzeiro justificou o pedido de adiamento porque tem três de seus principais jogadores - o goleiro Bosco, o zagueiro Cris e o meia Ricardinho - servindo à seleção brasileira, que enfrenta o México em amistoso, também na quarta-feira. "Para nós não há qualquer base legal no adiamento do jogo", disse o vice-presidente atleticano Sérgio Coelho.A reclamação é porque, com a alteração, o Atlético será obrigado a adiar também seu compromisso de sábado pelo Campeonato Mineiro, contra o Uberlândia. "Estamos nos sentindo prejudicados e temos que registrar o protesto", afirmou Coelho. Uma das suspeitas dos atleticanos é de que o jogo tenha sido passado para o fim de semana por interferência de uma emissora de televisão. O problema seria justamente o amistoso da seleção brasileira, que acontece no mesmo horário em que se realizaria o clássico mineiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.