Atlético-MG quer sair da zona de perigo

O Atlético-MG enfrenta o São Caetano neste sábado, no ABC paulista, pela 29.ª rodada do Campeonato Brasileiro, em busca de uma vitória para finalmente deixar a zona de rebaixamento. O time mineiro permanece há 22 rodadas entre os quatro últimos colocados que cairão para a Série B da competição no ano que vem. Mas para sair da incômoda posição, o time mineiro terá de quebrar o tabu de nunca ter vencido os paulistas, em São Caetano do Sul. Nas quatro partidas que disputou no ABC, o Atlético-MG contabiliza três derrotas e um empate. O jogo está marcado para as 18h10, no estádio Anacleto Campanella. ?A oportunidade de sair da zona de rebaixamento nos motiva. E tabus existem para serem quebrados?, observou o lateral-esquerdo Rubens Cardoso. O técnico Marco Aurélio contará com um importante reforço: a volta do atacante Marques, que cumpriu suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo no empate com o Internacional. Em ascensão no campeonato, o Atlético-MG foi sacudido durante a semana por uma paralisação deflagrada pelos jogadores, que abandonaram o treinamento no CT de Vespasiano, na tarde de quarta-feira. A ?greve? foi em protesto pelo atraso de dois meses de salários e premiações. A retaliação levou a diretoria a agir rápido. No dia seguinte, no treino pela manhã, todos os funcionários receberam o cheque referente ao mês de julho e outro, pré-datado, referente a agosto, para ser descontado em meados de outubro.?Isso está sendo resolvido. Estamos numa situação que precisamos unir forças?, recomendou o técnico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.