Atlético-MG quer tirar pontos do Paysandu

Uma denúncia do Instituto Mineiro de Direito Desportivo contra o Paysandu chegou hoje ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e vai ser analisada pelos auditores do tribunal. De acordo com a queixa, o atacante Adrianinho estaria atuando de forma irregular por ter passado por outros dois clubes durante o Campeonato Brasileiro, São Caetano e Corinthians. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou que o atleta esteve vinculado aos três clubes, mas informou que considera regular a situação dele. O autor da queixa, o presidente do instituto, Rodrigo de Oliveira, alega que o Paysandu está descumprindo o Artigo 10º do Regulamento do Campeonato Brasileiro de 2004, cujo texto estabelece que só pode haver uma troca de clube por atleta, durante a competição. Mas o diretor do Departamento de Registro e Transferência da CBF, Luiz Gustavo, disse que Adrianinho não atuou nenhuma vez por Corinthians e São Caetano e que, por isso, está em condição legal. Se por acaso o STJD considerar que o atacante está irregular, o Paysandu será denunciado e pode perder pontos no Brasileiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.