Pedro Souza / Atlético Mineiro
Pedro Souza / Atlético Mineiro

Atlético-MG recebe Chapecoense no Mineirão e quer ampliar série invicta

Após perder na estreia, equipe de Cuca emplacou três triunfos consecutivos no Brasileirão

Redação, Estadão Conteúdo

21 de junho de 2021 | 07h32

Com 100% de aproveitamento durante a maratona de jogos do mês de junho, o Atlético-MG espera ampliar a série invicta nesta segunda-feira, às 20 horas, quando recebe a Chapecoense no Mineirão, em jogo válido pela quinta rodada do Brasileirão. Derrotado na estreia do campeonato pelo Fortaleza, o time comandado por Cuca emplacou três vitórias nas rodadas seguintes, além de ter batido o Remo duas vezes pela Copa do Brasil.

Vitórias sobre Sport, São Paulo e Internacional levaram a equipe mineira a somar nove pontos no Brasileiro, e os torcedores se animaram, esperançosos com a briga na parte de cima da tabela, ainda que a disputa esteja apenas no início. Do outro lado, os atleticanos vão encontrar uma Chapecoense que somou apenas dois pontos e ainda busca a primeira vitória.

O caminho vitorioso do Atlético vem sendo traçado com muitos desfalques, já que Cuca perdeu jogadores para seleções nas últimas convocações. No momento, Savarino, Junior Alonso, Vargas e Alan Francos estão disputando a Copa América. Dodô, lesionado, e Igor Rabello, que testou positivo para covid-19, também são baixas.

A notícia boa é que o treinador atleticano voltará a contar com o meia Nacho Fernández, que será titular após ser vetado do último jogo por causa de um quadro gripal. Outra novidade no time deve ser o atacante Keno, reabilitado após começar no banco de reservas contra o Internacional, em razão de um desgaste físico. Com isso, Nathan e Jair saem do time. Já Matías Zaracho, novamente à disposição após se recuperar da covid-19, também deve ficar como opção no banco.

O Atlético vai receber uma Chapecoense que ainda não conseguiu vencer neste Brasileirão, após quatro jogos. Diante desta quadro, o técnico Jair Ventura resolveu fazer mudanças. Durante a semana, ele fez novos testes em busca da formação ideal da Chapecoense. O certo que ele não contará com o volante Léo Gomes, que sentiu desconforto muscular na coxa esquerda e foi vetado pelo departamento médico.

Seu substituto imediato é Guedes, testado nas últimas atividades e que deverá iniciar a partida como titular. Ainda no meio-campo, Moisés Ribeiro não tem agradado e poderá ficar como opção no banco de reservas para a entrada de Lima, que tem entrado frequentemente nas partidas.

No restante, a tendência é que o time seja o mesmo que empatou com o São Paulo, por 1 a 1, no Morumbi. Fernandinho e Anselmo Ramon lideram o comando de ataque e ficarão com a responsabilidade de serem fatais quando as oportunidades surgirem em Belo Horizonte.

Até agora, a Chapecoense acumula dois empates e duas derrotas em quatro jogos. Nas duas primeiras rodadas o time perdeu para Red Bull Bragantino (3 a 0, em casa) e Palmeiras (3 a 1, fora de casa); e depois empatou com Ceará (0 a 0, em casa) e São Paulo (1 a 1, fora de casa). O time soma apenas dois pontos na classificação.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG x CHAPECOENSE

ATLÉTICO-MG - Everson; Guga, Gabriel, Réver e Guilherme Arana; Allan, Tchê Tchê e Nacho; Hyoran, Hulk e Keno. Técnico: Cuca.

CHAPECOENSE - João Paulo; Matheus Ribeiro, Felipe Santana, Ignácio e Mancha; Guedes, Anderson Leite, Ravanelli e Lima; Fernandinho e Anselmo Ramon. Técnico: Jair Ventura.

ÁRBITRO - Rodolpho Toski Marques (PR).

HORÁRIO - 20 horas.

LOCAL - Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.