Bruno Cantini/Divulgação
Bruno Cantini/Divulgação

Atlético-MG recebe Nacional para se aproximar da vaga na Libertadores

Equipe do técnico Paulo Autuori enfrenta nesta quarta-feira o Nacional do Paraguai

Agência Estado

19 de março de 2014 | 07h32

BELO HORIZONTE - Em uma Libertadores na qual os times brasileiros estão enfrentando muitas dificuldades, o Atlético-MG aparece como uma das exceções. Com sete pontos na liderança do Grupo 4, a equipe do técnico Paulo Autuori enfrenta nesta quarta-feira o Nacional, do Paraguai, a partir das 19h45, no Independência, em Belo Horizonte. E uma vitória praticamente garantirá a vaga atleticana nas oitavas de final.

Se o momento na competição continental é bom, Paulo Autuori aposta na repetição para vencer nesta quarta-feira. Ele levará a campo a mesma escalação que empatou justamente com o Nacional na semana passada, por 2 a 2, no Paraguai. Com a defesa remendada, com o meia Dátolo, por exemplo, atuando improvisado na lateral esquerda, a esperança é na força do ataque, que segue contando com o quadrado formado por Ronaldinho Gaúcho, Fernandinho, Diego Tardelli e Jô.

A grande preocupação, no entanto, é justamente com os desfalques, principalmente na defesa, que não conta com nomes como Réver, Pedro Botelho, Lucas Cândido e Alex Silva. Para as laterais, Autuori poderá escalar apenas um jogador de ofício: Marcos Rocha, que atua pelo lado direito. Mas nada que assuste os torcedores, que prometem lotar o Independência, trunfo do Atlético-MG desde a Libertadores do ano passado, quando se sagrou campeão.

Por outro lado, o Nacional vem ao Brasil em busca ao menos de um ponto, para seguir com boas chances de classificação no grupo, já que somou quatro pontos nas três primeiras partidas. Assim como o Atlético-MG, os paraguaios devem repetir a mesma escalação que utilizaram no confronto entre as duas equipes da semana passada.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa LibertadoresAtlético-MG

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.