Atlético-MG revê o algoz Brasiliense

Quase três anos depois, o Atlético-MG e Brasiliense se reencontram na Copa do Brasil. Pelo lado do clube mineiro, é a chance de vingar a desclassificação nas semifinais da competição em 2002. As duas equipes se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h45, em Taguatinga, no estádio Boca do Jacaré. O Galo foi eliminado da decisão da Copa do Brasil ao ser derrotado duas vezes pela equipe do Distrito Federal: 3 a 0, no Mineirão, e 2 a 1, na casa do adversário. A desclassificação revoltou a torcida alvinegra. Como praticamente não há no elenco atleticano remanescentes daquele grupo, os jogadores repetem insistentemente que não pensam em revanche.Mas estão cientes também de que os torcedores não irão perdoar uma nova eliminação para o Brasiliense, que em 2004 garantiu vaga na Série A do Campeonato Brasileiro deste ano. "Dentro das quatro linhas, nosso pensamento é um só, independentemente de ser ou não uma revanche: ganhar o jogo", afirmou o atacante Euller. Para o técnico Procópio Cardoso, o time terá de jogar com o regulamento. "Com muita atenção na defesa", recomendou.O Atlético entra em campo após de duas derrotas consecutivas no Campeonato Mineiro - a última no domingo, em um tumultuado clássico contra o América-MG. Procópio não relacionou o volante Walker para a partida e vai escalar Amaral em seu lugar.No treinamento que comandou nesta terça-feira, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, ele não contou com o zagueiro Henrique, que ainda sente uma pancada na coxa esquerda. Caso ele não se recupere, Adriano deverá formar a dupla de zaga com André Luiz. A dúvida do treinador está no ataque, entre Quirino e Fábio Júnior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.