Atlético-MG sofre para empatar com xará em casa

Um gol de Ronaldinho Gaúcho aos 45 minutos do segundo tempo livrou o Atlético-MG, que perdia por 2 a 1, de uma derrota para o xará goianiense na tarde deste domingo, no Independência, em Belo Horizonte, em jogo válido pela 36a rodada do Campeonato Brasileiro. Com o empate, o time mineiro, que briga pelo vice-campeonato, alcançou 66 pontos, enquanto o Atlético-GO, que já está rebaixado e na lanterna na tabela, tem 27.

ALINE RESKALLA, Agência Estado

18 de novembro de 2012 | 19h41

Num primeiro tempo surpreendente, a equipe de Goiás abriu 2 a 0 sobre o Atlético-MG logo no início do jogo. Aos 3 minutos, em boa jogada de Adriano pela direita, Victor afastou mal e a bola sobrou para Rayllan chutar forte no canto esquerdo, abrindo o placar. Treze minutos depois, o time goiano faz rápido contra-ataque. Ernandes ficou livre na cara do gol e rolou para Patric, que marcou sem dificuldades.

O Atlético-MG conseguiu diminuir aos 19 minutos, com Réver, e foi para cima do adversário. Apesar da pressão, o gol de empate não saía. No intervalo, o técnico Cuca lançou mão de Neto Berola no lugar de Guilherme, fortalecendo o ataque. Aos 19 minutos, foi a vez de Escudero entrar no lugar de Junior Cesar.

Bastante pressionado, o Atlético-GO levava perigo nos contra-ataques. Depois de mandar cinco bolas na trave - três delas em cobranças de falta de Ronaldinho Gaúcho -, o gol, enfim, saiu, aos 45 minutos. O craque não desperdiçou a sobra na grande área e chutou direto para as redes.

No próximo domingo, o Atlético-MG vai ao Engenhão enfrentar o Botafogo, às 17h, enquanto o Atlético-GO joga contra o Palmeiras no Pacaembu.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-MG 2 X 2 ATLÉTICO-GO

ATLÉTICO-MG - Victor; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Júnior César (Escudero); Pierre, Leandro Donizete (Paulo Henrique), Guilherme (Neto Berola), Ronaldinho e Bernard; Jô. Técnico - Cuca.

ATLÉTICO-GO - Márcio; Adriano, Gilson, Diego Giaretta e Ernandes (Mahatma); Pituca, Dodó, Marino e Rayllan (Leonardo); Diogo Campos (Reis) e Patric. Técnico - Jairo Araújo.

GOLS - Rayllan, aos 3, Patric, aos 16, e Réver, aos 18 minutos do primeiro tempo. Ronaldinho Gaúcho, aos 45 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Paulo Henrique Godoy Bezerra (SC).

CARTÕES AMARELOS - Pierre, Leandro Donizete, Marcos Rocha, Neto Berlo, Marino, Gilson e Pituca.

RENDA - R$ 431.040.

PÚBLICO - 15.342 pagantes.

LOCAL - Estádio Independência, em Belo Horizonte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.