Atlético-MG tenta espantar a má fase

Com dois empates e duas derrotas na Copa Sul-Minas, na qual amarga a 14ª posição, o Atlético-MG tenta espantar de vez a má fase no confronto desta quarta-feira à noite em Cuiabá, contra o Juventude-MT, na primeira partida da equipe pela Copa do Brasil.Para o técnico Levir Culpi, o jogo pode ser uma boa oportunidade para que os mineiros, sem vitórias na temporada, reencontrem o bom futebol apresentado no ano passado, quando chegaram às semifinais dio Campeonato Brasileiro.Apesar da vir de derrota de 1 a 0 para o Grêmio, domingo, pela Sul-Minas, em Porto Alegre, o treinador entende que a equipe já demonstrou evolução e que, mesmo sem Marques e Gilberto Silva, que estão com a seleção na Arábia, poderá fazer uma grande apresentação na capital martogrossense. "Uma vitória dará ainda mais ânimo ao grupo", disse. Contra o Grêmio, os atleticanos iniciaram uma série desgastante de três jogos em apenas seis dias, já que, na sexta-feira, 48 horas após o confronto com o Juventude, enfrentarão em Belo Horizonte o Paraná Clube, novamente pela Sul-Minas.Levir promove a volta de Cleisson ao time, na vaga deixada por Gilberto Silva. No ataque, a dúvida do treinador - que só deverá ser esclarecida pouco antes do jogo - é entre os reservas Kim e Wellington Amorim para a posição de Marques. Também não havia até esta a tarde de terça-feira definição quanto à lateral esquerda. Jeferson, que recupera-se de contusão, pode ser substituído por Michel. Na defesa, Velloso, no gol, Baiano, na lateral direita, e Marcelo e Álvaro, na zaga, estão confirmados. Djair, Rodrigo e Ramon formam o meio e Guilherme será mantido no ataque.A equipe deve jogar com Velloso, Baiano, Marcelo, Álvaro, Michel (Jeferson); Cleisson, Djair, Rodrigo e Ramon; Gulherme, Kim (Wellington Amorim).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.