Atlético-MG tenta superar desfalques defensivos para manter reação no Brasileiro

Time enfrenta o Vitória neste domingo, no Barradão

Estadao Conteudo

11 de junho de 2017 | 07h30

Depois de vencer sua primeira partida no Campeonato Brasileiro, quarta-feira, contra o Avaí, o Atlético Mineiro vai a Salvador para enfrentar o Vitória neste domingo, às 16 horas, no Barradão, pela sexta rodada da competição.

Mas, para manter o embalo, a equipe precisa superar uma série de desfalques no sistema defensivo. A começar por seus laterais, uma vez que Marcos Rocha e Carlos César, lesionados, e Fábio Santos, suspenso, estão fora. Alex Silva e Danilo ficarão com as vagas.

O miolo de zaga também traz outro "quebra-cabeça" para o técnico Roger Machado. Leonardo Silva, contundido, segue vetado. Já Gabriel, com um desgaste muscular, foi novamente poupado e sequer está relacionado.

Felipe Santana, assim, deve formar a dupla de zaga com Erazo, o que deixará o time sem nenhum titular em seu sistema defensivo, com exceção do goleiro Victor. "Vamos descansar todo mundo e ver quem teremos à disposição. No jogo passado, a gente não teve o Felipe e o Gabriel saiu relatando algo", explicou o treinador.

Ainda assim, após a primeira vitória, o clima é de confiança no Atlético Mineiro, que soma seis pontos na competição. "A gente precisa da vitória. Cada partida tem sua dificuldade, as motivações dos adversários, as nossas motivações particulares, como recuperar os pontos perdidos em casa. Se inicia um novo ciclo agora, de jogos importantes, e a gente precisa recuperar os pontos", acrescentou o treinador.

Tudo o que sabemos sobre:
atlético-MGfutebolVitória

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.