Atlético-MG tenta superar desfalques para vencer a primeira no Brasileirão

Por convocações, lesões e negociação, o clube não conta com 8 atletas para a partida. Elias pode não jogar

Estadão Conteúdo

07 de junho de 2017 | 06h14

O decepcionante início de Campeonato Brasileiro no Atlético Mineiro ganhou um componente extra para o duelo desta quarta-feira contra o Avaí, às 19h30, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro: os desfalques.

Sem vencer nenhuma de suas quatro primeiras partidas, o Atlético Mineiro não pensa em outro resultado que não o triunfo. Mas, para isto, precisa superar uma série de problemas que causará desfalques em quase todas as posições.

Os meias Otero e Cazares, por exemplo, servindo às seleções de Venezuela e Equador, respectivamente, estão fora do jogo desta quarta-feira. É o caso também de Leonardo Silva, Adilson, Marcos Rocha, Carlos César e Luan, todos lesionados. Já o meia Maicosuel foi negociado com o São Paulo. E, com um desgaste muscular, Elias é dúvida.

Ainda assim, o clima permanece de confiança no Atlético Mineiro. "Mesmo com os desfalques que vamos ter, a gente sabe da qualidade do elenco. Acredito que quem for entrar vai entrar da mesma forma, tem o Marlone, que pode jogar, o Valdivia, que vai nos ajudar muito", comentou o volante Rafael Carioca. "A gente sabe que precisa melhorar, fazer inicialmente a primeira vitória para conseguir encaixar lá em cima".

Com tantos desfalques, Valdivia pode ganhar a sua primeira chance como titular. O meia, recém-contratado do Internacional, entrou no segundo tempo do empate com o Palmeiras e teve uma boa atuação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.