Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Atlético-MG treina com Galdezani e Cazares entre os titulares

Meias devem entrar nos lugares de Elias e Tomás Andrade para jogo contra o Botafogo, no domingo, pelo Brasileirão

Estadão Conteúdo

15 Agosto 2018 | 17h14

O elenco do Atlético Mineiro participou de um treinamento nesta quarta-feira, na Cidade do Galo, que indicou Matheus Galdezani como o provável substituto de Elias, suspenso para a 19ª rodada do Brasileirão. Outra alteração para o duelo contra o Botafogo, fora de casa, no domingo, deve ser a substituição de Tomás Andrade por Cazares.

O time titular escalado por Thiago Larghi no treino foi: Victor; Emerson, Leonardo Silva, Maidana e Hulk; Zé Welison, Galdezani, Cazares, Nathan e Chará; Ricardo Oliveira. A equipe está em quinto lugar no torneio nacional, com 30 pontos, oito a menos do que o São Paulo, líder da competição.

Antes da atividade, o meia Nathan admitiu que o Atlético-MG deixou de ganhar pontos no Brasileirão por causa de casos de desatenção durante algumas partidas do torneio, mas crê que a equipe treinada por Larghi já mostrou evolução nessa quesito. No domingo, pela 18ª rodada, o time mineiro venceu o Santos por 3 a 1, no Independência, em Belo Horizonte.

"(O Larghi) Conversa, mas são momentos que acontecem. Nosso time vem trabalhando forte, treinando toda semana muito bem. Às vezes, uma desatenção acontece no jogo e acaba sendo punida. Muitos outros times falham várias vezes em uma partida e não tomam o gol. Quando nosso tive chegar ao erro zero, aí a gente vai conseguir fazer um gol e sair com a vitória", disse Nathan, nesta quarta-feira, em Belo Horizonte.

"A falha vai acontecer, estamos ali dentro de campo, sabemos da pressão. Estamos trabalhando firme. Não houve desatenção contra o Santos, tomamos um gol por mérito deles", concluiu o jogador, emprestado pelo Chelsea ao Atlético-MG há cerca de três semanas.

O meia disse que ainda não está totalmente adaptado ao novo clube. "Acredito que seja o entrosamento que falta. No dia a dia as coisas vão começar a acontecer naturalmente. O grupo é muito forte, todos trabalham com lealdade ao companheiro. Eu sempre busquei meu espaço", comentou Nathan, que foi titular da equipe pela primeira vez neste domingo.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.