Pedro Souza/ Atlético
Pedro Souza/ Atlético

Atlético-MG vence clássico apertado contra América-MG e mantém folga na liderança

Guilherme Arana anota o tento da vitória de 1 a 0 no clássico mineiro, que contou com mais de 60 mil torcedores no Mineirão

Redação, Estadao Conteudo

07 de novembro de 2021 | 18h36

O Atlético-MG conquistou uma vitória magra neste domingo sobre o rival América-MG e manteve a boa vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro, dando mais um passo importante rumo ao título. O clássico, válido pela 30ª rodada, aconteceu no estádio do Mineirão e terminou com vitória do Atlético por 1 a 0.

Com mais esta vitória, o líder Atlético-MG soma 62 pontos. Como o Palmeiras também triunfou na rodada, a vantagem para os paulistas segue sendo de 10 pontos. O Flamengo joga contra a Chapecoense nesta segunda-feira e, no momento, a vantagem do Atlético-MG para os cariocas é de 12 pontos.

A derrota no clássico derruba a invencibilidade de Marquinhos Santos no comando do América-MG, após duas vitórias em dois jogos. Com a sequência de triunfos interrompido, o América perde posição na tabela e fica em 11º, com 38 pontos conquistados.

O confronto mineiro começou acelerado e com bastante equilíbrio. Aos poucos, o Atlético-MG foi dominando as principais ações ofensivas, enquanto o América fazia ataques eventualmente. Sem espaço, os dois times tentaram arriscar de fora da área, mas sem sucesso. O América subiu as linhas de marcação e dificultou a criação do rival nos últimos minutos da etapa inicial. No último lance, Vargas puxou contra-ataque, tabelou com Hulk e acertou a parte de fora da trave do América-MG. Antes disso, o chileno também teve a melhor chance do primeiro tempo, mas não aproveitou.

O América-MG voltou bem para o segundo tempo e quase marcou logo aos 4 minutos. A bola sobrou para Zárate, que finalizou em cima de Nathan Silva. O Atlético respondeu imediatamente e levou perigo em três ocasiões em sequência, com Savarino, Junior Alonso e, depois, Vargas.

O placar do clássico finalmente foi inaugurado aos 16 minutos. Mariano recebeu de Vargas na linha de fundo pela direita, cruzou rasteiro para trás, Diego Costa fez o pivô e ajeitou para a chegada de Guilherme Arana, que bateu sem chances para Matheus Cavichioli. O gol do Atlético foi muito comemorado pela torcida no Novo Mineirão, este, inclusive, foi o maior público do clube no estádio após a reforma e também desta edição do Brasileirão, 60.142 pagantes.

Com mais faltas, o número de tentativas ofensivas diminuiu. Aos 33 minutos, Matheus Cavichioli salvou chute do camisa 10 Vargas. O América-MG fez substituições, mas encontrou dificuldades para atacar o rival, que continuou controlando bem a vantagem no placar até o apito final.

Os dois times voltarão a campo já na próxima quarta-feira para jogos pela 31ª rodada do Brasileirão. O Atlético-MG joga novamente no Mineirão, contra o Corinthians, para tentar chegar à terceira vitória consecutiva. Já o América-MG visita o Sport em Pernambuco para tentar a recuperação depois da derrota no clássico e se manter distante da zona de rebaixamento e na briga por competições internacionais na próxima temporada.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 1 X 0 AMÉRICA-MG

ATLÉTICO-MG - Everson; Mariano (Guga), Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana (Dodô); Tchê Tchê, Allan, Zaracho (Réver), Savarino (Diego Costa) e Vargas; Hulk. Técnico: Cuca.

AMÉRICA-MG - Matheus Cavichioli; Patric, Eduardo Bauermann, Ricardo Silva e Marlon; Lucas Kal, Juninho (Marcelo Toscano) e Alê (Bruno Nazário); Mauro Zárate (Ribamar), Ademir e Felipe Azevedo (Fabrício Daniel). Técnico: Marquinhos Santos.

GOL - Guilherme Arana, aos 16 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Savarino, Junior Alonso, Fabrício Daniel, Bruno Nazário e Guilherme Arana.

PÚBLICO - 60.142 pagantes.

RENDA - R$ 2.377.732,00.

ÁRBITRO - Wilton Pereira Sampaio (GO).

LOCAL - Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.