Atlético-MG vence confronto direto com Avaí

Time de Minas Gerais faz 2 a 0 em casa, mas continua na zona de rebaixamento do Brasileirão

CRISTIANO MARTINS, Agência Estado

17 de outubro de 2010 | 18h47

Em um confronto direto na luta contra o rebaixamento no Brasileirão, o Atlético-MG levou a melhor e venceu o Avaí por 2 a 0, neste domingo, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG). Com isso, time mineiro chegou aos 31 pontos e ultrapassou o próprio rival catarinense, que segue com 30.

Veja também:

Brasileirão Série A - tabela Classificação / lista Tabela

O grande destaque da partida deste domingo foi o atacante Neto Berola, que entrou no intervalo, no lugar do meia Daniel Carvalho, e participou dos dois gols da vitória do Atlético-MG. Ele fez um deles, enquanto deu belo passe para o lateral-direito Rafael Cruz marcar o outro.

Com o apoio da torcida, que compareceu em bom número à Arena do Jacaré, o Atlético-MG comprovou neste domingo a reação iniciada com a chegada do técnico Dorival Júnior, que foi contratado há seis rodadas para substituir o demitido Vanderlei Luxemburgo - soma três vitórias, duas derrotas e um empate.

Mesmo dominando o jogo desde o início, o Atlético-MG só conseguiu marcar os dois gols no segundo tempo. O primeiro saiu aos 7 minutos, quando Rafael Cruz tabelou com Neto Berola, que devolveu de calcanhar, e bateu rasteiro no canto direito do goleiro Zé Carlos.

Aos 22 minutos, o Atlético-MG selou a vitória com o gol de Neto Berola, que, após receber ótimo passe em profundidade do meia Diego Souza, entrou sozinho na área, driblou o goleiro do Avaí e tocou de "letra" para o gol vazio. Foi o começo da festa na Arena do Jacaré.

FICHA TÉCNICA: Atlético-MG 2 x 0 Avaí

Atlético-MG - Renan Ribeiro; Rafael Cruz, Réver, Werley e Eron (Renan Oliveira); Zé Luís, Serginho, Fernandinho e Diego Souza; Daniel Carvalho (Neto Berola) e Obina (Ricardo Bueno). Técnico: Dorival Júnior

Avaí - Zé Carlos; Emerson Nunes, Bruno Silva e Emerson; Patric, Rodrigo Thiesen (Leo San), Batista (Marcos), Válber e Eltinho; Robinho (Marcelinho) e Roberto. Técnico: Vagner Benazzi

Gols - Rafael Cruz, aos 7, e Neto Berola, aos 22 minutos do segundo tempo

Árbitro - Heber Roberto Lopes (Fifa/PR)

Cartões amarelos - Fernandinho, Renan Oliveira, Roberto e Emerson

Renda - R$ 86.652,50

Público - 16.824 pessoas

Local - Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.