Atlético-MG vence Goiás; Dimba é o destaque

O Atlético-MG encerrou hoje sua participação no Campeonato Brasileiro de 2003 vencendo o Goiás por 3 a 2, no estádio Ipatingão, em Ipatinga, no Vale do Aço mineiro. Apesar do resultado positivo, a torcida atleticana viu frustrada a esperança de o time alvinegro disputar a Copa Libertadores do ano que vem. O atacante Dimba, do Goiás, marcou mais um gol, chegou a 31 e terminará como artilheiro isolado do Brasileiro, desde que Luís Fabiano, com 29, não faça dois gols neste domingo contra o Flamengo. Renaldo, do Paraná, terminou sua participação com 30 gols. Para garantir presença na competição sul-americana de 2004, o Galo precisava derrotar os goianos e ainda torcer por empate ou derrota do São Caetano contra o Internacional e do Coritiba diante do Criciúma. O Azulão e o Coxa, porém, venceram seus jogos e conquistaram as duas últimas vagas. Em 46 rodadas, o Atlético alcançou 72 pontos, enquanto o time de Goiânia somou 65. Como consolo, a equipe mineira garantiu vaga na Copa Sul-Americana do próximo ano. Num primeiro tempo movimentado, com menos de cinco minutos de jogo, o Goiás teve duas oportunidades para abrir o placar nos pés de Dimba, artilheiro isolado do Brasileirão. Mas foi o Galo quem saiu na frente, aos oito minutos. O meio-campista Renato roubou a bola na intermediária e chutou à meia altura. A bola bateu num adversário, desviando sua trajetória e enganando o goleiro Harlei. O time do técnico Cuca teve uma grande chance de igualar o marcador aos 17 minutos, depois que o zagueiro André Luiz fez pênalti no armador Marabá. Dimba cobrou no canto direito, mas Velloso evitou o empate com uma providencial defesa. Entretanto, a equipe goiana continuava superior em campo e o zagueiro Fabão concluiu para as redes cinco minutos depois, após uma cobrança de escanteio da direita. As duas equipes ainda desperdiçaram boas chances para marcar até o final da primeira etapa. Logo a três minutos do segundo tempo, porém, o zagueiro Luiz Alberto fez 2 a 1 para o Atlético, numa saída errada da defesa goiana, que ficou pedindo impedimento. Com um jogador a menos, após a expulsão do zagueiro João Paulo, o Goiás chegou ao empate aos 18 minutos, numa cobrança de pênalti de Dimba, que desta vez não deu chances para Velloso, fazendo o seu 31º gol na competição. O Galo não desistiu e aos 24 minutos voltou à frente no placar após uma bela conclusão do lateral-direito Alex, que recebeu, na entrada da área, um passe do atacante Fábio Júnior. Ao final do jogo, o lateral, no entanto, lamentou o fato de o time mineiro não conquistar a vaga na Libertadores. "Não dependíamos só da gente". Despedidas - A partida foi, provavelmente, a última de alguns jogadores do atual grupo com a camisa atleticana. O jogo marcou também a despedida do técnico Procópio Cardoso Neto - a exemplo de Cuca, contratado pelo São Paulo em substituição a Roberto Rojas - , que assumiu o Galo nas cinco rodadas finais, após a demissão de Marcelo Oliveira. Apesar de a diretoria alvinegra não confirmar, o nome mais comentado para assumir o clube mineiro para a temporada 2004 é o de Paulo Bonamigo, atualmente no Coritiba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.