Atlético-MG vence Guanghzou em último jogo na China

O Atlético-MG reencontrou neste sábado o adversário da disputa pela terceira colocação no último Mundial de Clubes: o Guanghzou Evergrande. E como naquela ocasião, a equipe brasileira venceu de virada, desta vez por 4 a 3, na cidade de Nanning, no último amistoso da excursão que está realizando pela China.

AE, Agência Estado

28 de junho de 2014 | 11h17

Foi a terceira vitória atleticana nas três partidas que realizou na Ásia e agora a equipe se prepara para voltar ao Brasil. Anteriormente, os comandados de Levir Culpi já haviam passado pelo Guizhou Renhe, por 3 a 0, e pelo Jiangsu Shuntian, por 5 a 3.

Apesar do caráter amistoso da partida deste sábado, Ronaldinho mostrou muita insatisfação ao ser substituído. Em meio à recuperação de uma lesão muscular na coxa, o meia achava que precisava de mais tempo em campo para ajudar na preparação e, ao ser perguntado se achava que merecia ser substituído, disse à Rádio Itatiaia: "Claro que não. Tenho que me preparar".

E com a bola rolando, o Atlético-MG também teve problemas no início. O brasileiro Elkeson, ex-Botafogo, abriu o placar logo aos oito minutos. André ainda empatou aos 27, mas logo Huang Bowen e Renê Junior, ex-Santos, recolocaram o Guanghzou em vantagem.

Antes que o primeiro tempo terminasse, Diego Tardelli diminuiu e deu fôlego novo ao Atlético-MG. Em dia inspirado, o próprio Tardelli deixou tudo igual logo no início da etapa final. O time brasileiro então foi para cima e aos nove minutos garantiu a vitória com Maicosuel, que marcou seu primeiro pelo clube.

Agora a delegação atleticana arrumará as malas para voltar ao Brasil no dia 30 de junho. Já em Belo Horizonte, se preparará para a disputa da Recopa Sul-Americana. A primeira partida contra o Lanús acontecerá no dia 16 de julho, em Buenos Aires.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAtlético-MGamistoso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.