Pedro Souza/Atlético-MG
Pedro Souza/Atlético-MG

Atlético-MG visita o Fortaleza para confirmar vaga na final da Copa do Brasil

Comandados de Cuca já estão com um pé na decisão por fazerem a lição de casa e ganharem o primeiro duelo por 4 a 0

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de outubro de 2021 | 05h00

O Atlético-MG quer aproveitar a boa fase - líder disparado do Campeonato Brasileiro - para também garantir vaga na final da Copa do Brasil. E o time mineiro chega com larga vantagem para o confronto de volta contra o Fortaleza nesta quarta-feira, às 21h30, na Arena Castelão, na capital cearense.

Na ida, em Belo Horizonte, o Atlético goleou o rival por 4 a 0 e, agora, pode perder por até três gols de diferença. Ao Fortaleza resta triunfar por cinco ou mais gols de diferença para conquistar a inédita vaga na final. Se vencer por quatro gols de vantagem, a vaga será definida nos pênaltis. Não há o critério do gol qualificado como desempate.

Mesmo diante de cenário tão favorável, o técnico Cuca mantém os pés no chão e pede atenção ao elenco atleticano. "Se alguém pensa que tem algo decidido, não tem nada decidido, futebol é muito perigoso. Tudo é muito perto, sucesso e fracasso e a gente tem que tomar muito cuidado. Humildade, feijão com arroz é o que a gente vai fazer na quarta. Eu tenho muito cuidado com as coisas, sabe? E sinceramente eu tenho muito respeito a esse tipo de jogo", disse Cuca.

No Atlético-MG, ele não poderá contar com o zagueiro Nathan Silva, que já disputou o torneio pelo Atlético-GO. O volante Allan forçou o terceiro cartão amarelo na ida e está suspenso. Réver e Tchê Tchê, respectivamente, devem ficar com estas vagas.

Zaracho também tentou tomar o terceiro cartão amarelo para estar livre em uma possível final, mas não conseguiu. Salvo mudança de última hora, ele vai para o jogo. Na lateral direita, Mariano se recuperou de uma pubalgia, mas ainda segue em transição. Assim, Guga, titular nas últimas três partidas, continua no time.

No Fortaleza, o técnico Juan Pablo Vojvoda terá um "pacote" de desfalques. Para começar, Yago Pikachu tem lesão no ombro. Também na lateral direita, Tinga está com lesão na coxa. O centroavante Robson, por sua vez, está com uma contusão no pé direito, e está quase vetado. 

Outro desfalque certo é o meia Lucas Crispim, com dores musculares. Já o meio-campista Lucas Lima, ex-Palmeiras, e o defensor Marcelo Benevenuto, ex-Botafogo, não atuam por já terem jogado por esses times. O mais provável é que Éderson e Matheus Jussa sejam improvisados ao lado de Titi para formar o trio de zagueiros.

No meio-campo, Ronald e Felipe devem formar a dupla de volantes, enquanto o meia Matheus Vargas volta e fica responsável pela armação de jogadas. No ataque, Romarinho entra ao lado de David.

FICHA TÉCNICA:

FORTALEZA x ATLÉTICO-MG

FORTALEZA - Marcelo Boeck; Éderson, Titi e Matheus Jussa; Daniel Guedes, Ronald, Felipe, Matheus Vargas e Bruno Melo; Romarinho e David . Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

ATLÉTICO-MG - Everson; Guga, Réver, Junior Alonso e Guilherme Arana; Jair, Tchê Tchê, Zaracho e Nacho Fernández; Keno e Hulk. Técnico: Cuca.

HORÁRIO - 21h30.

ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Araújo (SP).

LOCAL - Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.