Atlético-MG volta a BH confiante na vaga da Libertadores

'Infelizmente não ganhamos, mas só dependemos de nós para ganharmos o próximo', conta o jogador Robinho

Estadão Conteúdo

08 de abril de 2016 | 15h16

A primeira derrota do Atlético-MG na Libertadores deixou os jogadores incomodados, mas não preocupados com a vaga à próxima fase da competição. Foi esse o tom das declarações na volta da delegação a Belo Horizonte, nesta sexta-feira, após a queda por 3 a 2 para o Independiente del Valle na quarta. Afinal, mesmo com o resultado, o time depende apenas de um empate em casa na última rodada, contra o fraco Melgar, para avançar.

"Infelizmente não ganhamos, mas só dependemos de nós para ganharmos o próximo. Em todos os jogos a gente tira lição, sempre. Não ganhamos, queríamos ter vencido. O campo estava muito ruim e dificultou nosso estilo de jogo, mas só dependemos da gente para classificar", lembrou o atacante Robinho durante o desembarque no Aeroporto de Confins.

Foram 14 horas de viagem e passagens por quatro aeroportos até a chegada a Belo Horizonte. Por isso, o cansaço evidente no rosto dos jogadores. Mas eles podem comemorar o dia de folga, uma vez que só voltam ao trabalho no sábado, quando realizam o único treino antes do confronto diante do Tricordiano, domingo, no Independência, pela última rodada do Campeonato Mineiro.

Já classificado, o técnico Diego Aguirre deve levar a campo uma escalação alternativa, repleta de reservas. Pode ser a chance para a estreia do goleiro Lauro, recém-chegado ao Atlético-MG, fazer sua estreia. Ele deve ocupar a vaga de Uilson, que vem sendo titular após as lesões de Victor e Giovanni mas foi criticado por suas atuações recentes.

"Quando a gente chega no clube, treina, faz o trabalho para que as oportunidades surjam. Mas quem escala é o treinador, a comissão. Acho que a gente sempre tem que estar pronto para, quando as oportunidades aparecerem, a gente poder aproveitar da melhor maneira possível. Lógico, se surgir, vou ficar bastante feliz".

Tudo o que sabemos sobre:
LibertadoresRobinhoAtlético Mineiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.