Atlético-PR amarga empate com Fortaleza

O Atlético-PR continua segurando a lanterna do Campeonato Brasileiro, com apenas 3 pontos. Neste domingo, repetiu as apresentações bisonhas e ficou no empate por 0 a 0 com o Fortaleza, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba. Ao contrário do que anunciara, o técnico Antônio Lopes colocou um time misto, preservando alguns jogadores para a partida das semifinais da Libertadores, quinta-feira, quando pode se classificar para a fase final da competição. O Fortaleza somou seu nono ponto. Cumprindo a segunda partida da punição por foguetes jogados em campo na partida contra o Corinthians, os torcedores não puderam entrar. Mas não perderam muito e ainda economizaram o valor do ingresso. O Atlético não mostrou absolutamente nada de interessante. Com forte marcação de ambos os times no meio-de-campo, a bola era maltratada apenas naquele setor. O Fortaleza parecia se contentar com o empate e o Atlético mostrava muita incompetência. Somente no final do segundo tempo os dois times começaram a procurar um pouco mais o gol. O Fortaleza sentiu a facilidade que os adversários estavam dando e se mandou, mas encontrou o goleiro Diego em mais uma boa noite. "Estou triste e chateado, porque o importante era a vitória", lamentou Diego, o melhor jogador em campo. Do outro lado, o melhor lance foi um chute de Fernandinho, bem defendido pelo goleiro Bosco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.