Atlético-PR apenas empata com o Vilhena fora de casa

O Atlético Paranaense apenas empatou com o Vilhena por 2 a 2, nesta quarta-feira, em Rondônia, na abertura da Copa do Brasil. Com o resultado, os atleticanos se classificam para a segunda fase da competição se empatar por 0 a 0 ou 1 a 1 no jogo de volta, em Curitiba, no dia 24.

AE, Agencia Estado

11 de fevereiro de 2010 | 00h52

Os quatro gols da partida foram marcados ainda no primeiro tempo. O zagueiro Rhodolfo abriu o placar aos 21, ao subir de cabeça no meio da defesa rival. O Atlético jogava melhor e parecia embalar no jogo, disputado em um gramado pesado, por causa da chuva que caiu durante a tarde.

No entanto, o Vilhena reagiu na sequência e buscou o empate em uma cobrança de falta. Magrão converteu o pênalti, sofrido por Souza, aos 23. Três minutos depois, os donos da casa viraram com Jessé, que entrou na área e bateu sem dar chance para o goleiro Neto.

Aí foi a vez do Atlético arrancar a igualdade no placar. Após levantamento na área, Rhodolfo acertou a cabeça novamente, mas foi Chico quem mandou para as redes, aos 34 minutos.

No segundo tempo, a partida caiu de ritmo e o Atlético controlou a partida, mais contido em campo e sem arriscar no ataque. O Vilhena não conseguiu manter o mesmo desempenho da etapa inicial e também não conseguiu alterar o placar.

Ficha Técnica:

Vilhena-RO 2 x 2 Atlético-PR

Vilhena - Junior; Luizinho, Senegal, Braz e Celinho (Elsinho); Kukaul, Magrão, Marcelo Soares e Sabará; Jessé (Augusto) e Souza (Casemiro). Técnico: Ivair Cenci.

Atlético-PR - Neto; Gerônimo Manoel, Rhodolfo e Márcio Azevedo; Valencia, Chico (Tartá), Alan Bahia (Raul), Netinho, Bruno Mineiro (Serna) e Marcelo. Técnico: Antônio Lopes.

Gols - Rhodolfo, aos 20, Magrão (pênalti), aos 23, Jessé, aos 26, e Chico, aos 34 minutos do primeiro tempo.

Cartões amarelos - Braz e Kukau, Senegal (Vilhena); Rhodolfo, Manoel, Márcio Azevedo, Tartá (Atlético-PR).

Árbitro - Wagner Reway (MT).

Renda - R$ 47.750,00.

Público - 1.950 pagantes.

Local - Estádio Portal da Amazônia, em Vilhena (RO).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.