Marco Oliveira/Site Oficial do Atlético-PR
Marco Oliveira/Site Oficial do Atlético-PR

Atlético-PR aposta em motivação extra para surpreender o líder Corinthians

Equipe paranaense ainda não terá Fabiano Soares, sem estar regularizado; auxiliar Kelly ficará no banco de reservas

Estadão Conteúdo

15 de julho de 2017 | 07h26

Derrotado em casa na última quarta-feira pelo Cruzeiro por 2 a 0, o Atlético Paranaense tem neste sábado a difícil missão de se reabilitar diante do líder Corinthians, às 19 horas, no estádio Itaquerão, em São Paulo, pela 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Apenas na 14.ª posição com 15 pontos, 20 a menos do que o Corinthians, o Atlético Paranaense encara o difícil jogo como uma grande chance de reação. Afinal, segundo garantiu o técnico Fabiano Soares, enfrentar o líder sempre traz um componente a mais de motivação.

"Jogar no Atlético é motivante. Jogar contra o Corinthians, em um estádio cheio, é motivante", comentou o novo treinador do Atlético Paranaense, que pela primeira vez comandará o time do banco de reservas. "O treinador só tem que motivar os jogadores a fazer o que ele quer, a colocar em prática as ideias que o treinador tem".

Outro fator que pode contribuir à reação atleticana é o retorno do zagueiro Paulo André, do meia argentino Lucho González e do atacante Douglas Coutinho, poupados na derrota para o Cruzeiro, e de Pablo, dispensado do jogo por problemas pessoais. Recuperado de contusão, Felipe Gedoz também pode ficar como opção no banco de reservas. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Thiago Heleno é um dos poucos desfalques confirmados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.