Atlético-PR bate Paraná e se aproxima do G4 da Série B

O Atlético Paranaense encerrou o primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro em grande estilo neste sábado. O time emplacou sua quarta vitória seguida na competição ao bater o rival Paraná, por 2 a 1, fora de casa, no Estádio Durival de Brito, em Curitiba.

AE, Agência Estado

25 de agosto de 2012 | 18h13

Com os últimos resultados, o Atlético compensou o fraco início de campeonato e já começou a se aproximar do G4 da tabela. Figura na provisória sexta colocação, com 32 pontos, depois da oitava vitória seguida sobre o rival. O Paraná segue em 11.º lugar, com 26.

Mesmo jogando fora de casa, o Atlético mostrou maior iniciativa nos primeiros instantes do jogo e impôs pressão sobre a defesa rival. Mas foi o Paraná que teve as primeiras chances reais. Não fosse o goleiro Weverton, o Paraná teria saído na frente. Primeiro num chute de Fernandinho, que o goleiro espalmou - a bola acertou o travessão. Depois, numa finalização à queima roupa de Wendel, espalmado pelo goleiro, aos 12.

Dois minutos depois, o Atlético abriu o placar, numa falta cometida por Anderson, após saída errada de Arthur. João Paulo bateu no canto do goleiro, que demorou para cair no canto.

Aproveitando o bom momento, o visitante ampliou aos 22 minutos. Num contra-ataque pela direita, Elias fez a inversão para Pedro Botelho. A defesa pediu impedimento, que não houve. O lateral atleticano dominou no peito e bateu cruzado.

O Paraná continuou ameaçando e chegou com perigo com Ricardo Conceição, de longe, e com Lúcio Flávio, de falta, em duas novas defesas de Weverton. E só diminuiu aos 46 minutos, quando o mesmo Lúcio Flávio lançou Paulo Henrique. Ele dominou a bola no peito e chutou. Houve desvio em Pedro Botelho e a bola ainda tocou nos pés de Weverton antes de entrar.

No segundo tempo, o Atlético voltou com o experiente Paulo Baier no lugar de Elias, ainda sem ritmo. E teve três chances para ampliar o placar e definir o jogo. Como não conseguiu, restou ser mais cauteloso e segurar o resultado.

O Paraná não teve força ofensiva, mesmo com as entradas de dois atacantes (Luisinho e Geraldo) promovidas pelo técnico Ricardinho, que tentou o tudo ou nada nos últimos 15 minutos. Aos 45 minutos, por falta violenta, Paulo Baier recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Na terça-feira, pela abertura do returno, o Paraná vai até Campinas medir forças com o Guarani, sem o atacante Arthur e os meias Lúcio Flávio e Fernandinho, suspensos com três cartões amarelos. O embalado Atlético, sem Paulo Baier, vai receber o Joinville, em Paranaguá.

FICHA TÉCNICA:

PARANÁ 1 X 2 ATLÉTICO-PR

PARANÁ - Luis Carlos; Paulo Henrique, Anderson, Alex Alves e Wendell Borges; Zé Luis (Wellington), Ricardo Conceição (Geraldo), Fernandinho e Lúcio Flávio; Arthur e Wendel (Luisinho). Técnico: Ricardinho.

ATLÉTICO-PR - Weverton; Maranhão, Manoel, Cleberson e Pedro Botelho; Deivid (Derley), João Paulo, Elias (Paulo Baier) e Felipe (Zezinho); Henrique e Marcão. Técnico: Ricardo Drubscky.

GOLS - João Paulo, aos 14, Pedro Botelho, aos 22, e Paulo Henrique, aos 46 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Lúcio Flávio, Anderson, Arthur e Fernandinho (Paraná); Elias, Deivid, Paulo Baier, Marcão e Pedro Botelho (Atlético-PR).

CARTÃO VERMELHO - Paulo Baier (Atlético-PR)

ÁRBITRO - Edvaldo Elias da Silva (PR).

RENDA - Não divulgada.

PÚBLICO - 10.385 pagantes.

LOCAL - Estádio Durival de Brito, em Curitiba (PR).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BAtlético-PRParaná

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.