Atlético-PR busca adaptação à altitude

A delegação do Atlético Paranaense embarcou às 13 horas desta segunda-feira com destino a Guadalajara, no México, onde pretende se adaptar à altitude de 1.600 metros até quinta-feira, quando decide contra o Chivas uma das vagas para a final da Libertadores da América. O avião fretado tinha escalas técnicas previstas para Manaus (AM) e Curaçao, nas Antilhas Holandesas, antes de pousar por volta das 2h30 da madrugada no México.Antes da viagem, os jogadores fizeram um trabalho físico bastante forte no Centro de Treinamento em Curitiba. A única dúvida é o centroavante Aloísio, que sente uma contusão na coxa. Ele está realizando exercícios intensivos de fisioterapia para reunir condições de jogo. Ninguém quer ficar fora dessa partida, uma das mais importantes dos 81 anos do clube. "Será o duelo de nossas vidas, uma verdadeira final de Copa do Mundo", resumiu o meia Fernandinho.O Atlético venceu a primeira partida, em Curitiba, por 3 a 0, e conta com a vantagem de poder perder por 2 a 0 que ainda garante a classificação. No entanto, os jogadores não acreditam que será fácil.Sobretudo porque há uma possibilidade de os cinco jogadores do Chivas que estão na seleção mexicana - Sánchez, Salcido, Morales, Medina e Corona - serem liberados do jogo que decidirá o terceiro lugar da Copa das Confederações na quarta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.