Atlético-PR busca reabilitação

O Atlético Paranaense busca a reabilitação na Copa Libertadores da América, jogando nesta terça-feira, às 19h10, contra o Olmedo, em Riobamba, no Equador. O time brasileiro perdeu a primeira partida, contra o Bolívar, por 2 a 1, em Curitiba, e não vem realizando boa campanha na Copa Sul-Minas, tendo conseguido apenas 11 dos 21 pontos disputados. "Não podemos viver do Campeonato Brasileiro, temos que fazer jus a este título", disse o técnico Geninho. Para tentar evitar os efeitos dos 2.500 metros acima do nível do mar sobre o rendimento físico dos jogadores, a diretoria decidiu viajar de Guayaquil para Riobamba quatro horas antes da partida, em dois aviões monomotores. "A programação foi feita para que a gente sinta o menos possível", disse Geninho. Segundo ele, o Olmedo deverá aproveitar o fato de jogar em casa para pressionar seu time. "Estamos preparados para isso", afirmou. Para o atacante Kléber, as dificuldades serão maiores que as observadas até agora. "Mas nós temos que vencer senão praticamente estaremos dizendo adeus à Libertadores", disse. O atacante Alex Mineiro, que não jogou sábado na derrota para o Criciúma, por 2 a 1, pode novamente desfalcar o time, em razão de um problema de amigdalite. Caso não se recupere a tempo, Ilan permanecerá como companheiro de Kléber no ataque. Outro desfalque é o volante Cocito, que foi expulso contra o Bolívar, em Curitiba. Leonardo e Flávio Luiz disputam a vaga. A Libertadores terá mais três jogos nesta terça-feira: Cerro Porteño (PAR) x Cobreloa (CHI), Peñarol (URU) x Real Potosí (BOL) e S. Wanderers (CHI) x M. Wanderers (URU).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.