Gustavo Oliveira/Divulgação
Gustavo Oliveira/Divulgação

Atlético-PR cede empate ao Vitória e perde chance de colar no G-4

Paranaenses estacionam na quinta posição após igualdade em 1 a 1 com baianos

Julio Cesar Lima, Especial para o Estado

17 de julho de 2016 | 18h24

O Atlético Paranaense perdeu a chance de colar de vez no G-4 do Campeonato Brasileiro ao ceder o empate por 1 a 1 ao Vitória, na tarde de domingo, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 15ª rodada. Com o resultado, o Atlético-PR permaneceu em quinto lugar, com 24 pontos e o Vitória, com 19, fica na 12ª colocação.

O time paranaense dominou a primeira etapa totalmente, encurralando o time baiano em seu campo, com a dupla de ataque formada por Walter e André Lima abrindo espaços para Pablo que surgia com perigo.

Ainda assim, o time falhava nas conclusões das jogadas, com chutes de que levavam pouco perigo à meta do Caíque. Mas a pressão deu resultado já no final do primeiro tempo. Aos 44 minutos, o ala Diego Renan atrasou mal uma bola para Caíque que Pablo chegou antes, deu um lençol no goleiro e completou para as redes.

Com a vantagem no placar se esperava mais pressão do time da casa, mas foi o Vitória que voltou mais animado ao campo. Mancini tirou Dagoberto, que estava apagado na partida e colocou Vander, Serginho entrou no lugar de Nickson e o rubro-negro baiano passou a ser mais ofensivo.

Em um dos poucos lances de perigo do Atlético-PR na etapa final, Pablo perdeu, aos 16, uma chance clara de gol quando sozinho, na frente de Caíque, chutou por cima do gol. Aos 24 minutos, Kieza foi derrubado na área pelo goleiro Wéverton e aos 25, Diego Renan cobrou com perfeição e empatou.O time do Vitória ainda teve a chance de ampliar, aos 31, quando Serginho chutou no travessão.

No final da partida Giovanny lamentou a perda de pontos em casa. "Estávamos bem na partida, mas depois deixamos a desejar", disse. Para o capitão Diego Renan, o gol trouxe alívio pela falha que havia cometido. "A equipe está de parabéns pela recuperação na partida, fiquei feliz pelo empate, mas já vamos pensar na Copa do Brasil na quarta", disse.

Os times agora voltam as suas atenções para a Copa do Brasil. Na quarta-feira, o Vitória, batido em casa por 2 a 1, encara o Cruzeiro, no Mineirão, no jogo de volta da terceira fase. Já o Atlético-PR faz o duelo de ida com a Chapecoense no dia seguinte, em casa.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-PR 1 x 1 VITÓRIA

ATLÉTICO-PR - Weverton; Léo, Thiago Heleno, Paulo André e Sidcley; Otávio, Hernani, Nikão (Yago) e Pablo (Giovanny); Walter (Marcos Guilherme) e André Lima. Técnico: Paulo Autuori.

VITÓRIA - Caíque; Diego Renan, Victor Ramos, Ramón e Euller; Marcelo (Tiago Real), Willian Farias, Nickson (Serginho) e Marinho; Dagoberto (Vander) e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.

GOLS - Pablo, aos 44 minutos do primeiro tempo e Diego Renan, aos 25 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

CARTÕES AMARELOS - Kieza, Marinho, WevertonVistor Ramos e Hernani

RENDA - R$ 291.890.

PÚBLICO - 15.683 pagantes.

LOCAL - Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.